A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

30/11/2016 07:00

Clínica realiza palestras para sanar dúvidas sobre infertilidade conjugal

Pós-graduado em Infertilidade Conjugal, médico detalha tratamentos na Clínica Gazineu

Informe Publicitário
Palestras Gratuitas para tratamento de Infertilidade. (Foto: Divulgação)Palestras Gratuitas para tratamento de Infertilidade. (Foto: Divulgação)

Depois de um ano tentando engravidar, se a gestação não ocorrer, é hora de procurar um especialista. Nesse meio tempo, o que não faltam são dúvidas. Por isso, a Clínica Gazineu criou uma dinâmica para esclarecer como a medicina reprodutiva pode auxiliar os casais, onde as palestras são realizadas mensalmente.

Pós-graduado em Infertilidade Conjugal pela UNESP (Universidade Estadual Paulista), o médico Orlando Monteiro Júnior é o responsável pelas palestras, abertas a qualquer pessoa que enfrente dificuldades para realizar o sonho de ter um filho.

Em uma conversa direta, ele detalha como é feito o diagnóstico de infertilidade e quais os procedimentos a partir da constatação de que algum problema compromete a vontade de ser mãe ou pai. “Normalmente, as pessoas chegam muito angustiadas aqui, com ideias truncadas de como o tratamento é feito. Criamos as palestras para desmistificar o assunto”, explica.

O bate-papo também acaba aproximando os casais. Muitas vezes, elas chegam sozinhas para a primeira reunião e depois voltam empolgadas com eles, para dar andamento ao processo. "Recebemos também casais homoafetivos e mulheres que querem engravidar sozinhas. É comum", comenta o médico.

A estrutura clínica proporciona altas taxas gestacionais.A estrutura clínica proporciona altas taxas gestacionais.

O próximo encontro será no dia 6 de dezembro. As vagas são limitadas, para que todos tenham tempo suficiente de perguntar e saiam completamente informados sobre o assunto. As palestras acontecem todos os meses. "Não é algo fácil para a maioria das pessoas. Então, precisamos ter tranquilidade para discutir o tema e solucionar as dúvidas", justifica Dr. Orlando.

No endereço virtual da clínica, também há um manual elaborado pelo especialista, durante os anos de experiência e dedicação aos estudos. Um dos grandes diferenciais no trabalho do médico é a participação ativa no Projeto ALFA.

A “Aliança de Laboratórios de Fertilização Assistida” foi criada há 13 anos, para integrar o que há de mais moderno em laboratórios de reprodução humana aqui no País. Hoje, o projeto Alfa é um dos maiores grupos dedicados ao assunto no Brasil. "Para a paciente é formidável, porque ela tem um médico sem sair de Campo Grande e todo os recursos disponíveis em São Paulo", comenta Dr. Orlando.

Além de gerar conhecimento e atualizar os profissionais sobre a evolução no setor, a estrutura disponibilizada pela Alfa possibilita a seus associados o acesso à tecnologia de ponta, como a análise genética dos embriões, que são biopsiados pelo embriologista e submetidos a estudos genéticos e só então são transferidos para o útero.

O processo garante a fecundação e acaba com as frustrações de quem cria expectativas a cada tentativa de engravidar no laboratório. Também acaba com alto risco do casal transmitir doenças hereditárias aos filhos.

Recepção da clínica também vira ponto de encontro para solucionar dúvidas.Recepção da clínica também vira ponto de encontro para solucionar dúvidas.

A Clínica - Na Clínica Gazineu, a palestra é o início de uma transformação na vida do casal. Depois que decidem ter filhos, começa a decisão pelo tratamento indicado.

O mais simples é o "Coito Programado", em que os exames e o acompanhamento médico vão definir quais os melhores horários e dias para a relação sexual. "Ocorre que muitos casais vivem uma rotina intensa e já não têm muito tempo para a relação sexual. O que fazemos é indicar como aproveitar melhor esse tempo", diz o médico.

Caso a maneira natural não surta efeito, o próximo passo é analisar procedimentos, como a Inseminação Artificial ou Fertilização In Vitro.

Clínica é moderna e acolhedora. (Foto: Divulgação)Clínica é moderna e acolhedora. (Foto: Divulgação)

A boa notícia é que tratamentos antes proibidos para quem não tinha uma super conta bancária, hoje são acessíveis. "A Classe C tem acesso agora. Costumo dizer que antes a pessoa precisava vender um imóvel para conseguir engravidar, hoje, pode vender um bem móvel mesmo. Custa o preço de um carro popular", conta Dr. Orlando.

"Dr. Orlando por ser ultrassonografista há mais de 20 anos, e por ele mesmo fazer os controles ecográficos, proporciona maior segurança no atendimento das pacientes de reprodução assistida."

Realizado no que faz, o médico exibe fotos de crianças que nasceram graças aos avanços da medicina reprodutiva. Ele atende pacientes que tiveram a primeira experiência e voltaram para garantir a segunda gestação. Desde o bebê de proveta, nos anos 1980, muita coisa mudou e atualmente é muito raro o caso de alguém que não consiga engravidar.

Mas a mulher precisa estar atenta e planejar o futuro, adverte "O mercado da estética consegue retardar o envelhecimento hoje, mas o mesmo não acontece com os órgãos reprodutivos. Os óvulos envelhecem como sempre envelheceram e cada ano que passa fica mais difícil engravidar. Mas hoje temos até a possibilidade de congelar óvulos, para que a mulher vá viver o que planejou e engravide bem mais tarde", comenta.

Para saber tudo sobre os tratamentos para inseminação e fertilização, a melhor indicação é a palestra de Dr. Orlando, que ocorre a dia 06/12 a partir de 19h. Os interessados devem acessar o site e fazer a inscrição de forma gratuita.

A Clínica Gazineu fica na Rua São Paulo, 907. Os telefone são (67) 3382-5484 / 99257-8675 (Whatsapp). Os casais também podem manter contato pelo email contato@clinicagazineu.com.br.

A estrutura clínica proporciona altas taxas gestacionaisA estrutura clínica proporciona altas taxas gestacionais
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.