A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

06/10/2016 07:00

Em busca de humanização do parto, espaço Laço Materno terá cursos

Informe Publicitário
A Laço Materno fica na Rua Padre João Crippa, 1853 - Centro - Foto Alcides NetoA Laço Materno fica na Rua Padre João Crippa, 1853 - Centro - Foto Alcides Neto

Idealizado especialmente para quem busca conhecer mais sobre o universo entre mãe e bebê, onde cada etapa é construída dia a dia com respeito e amor, o espaço Laço Materno surge como uma alternativa em Campo Grande aos futuros pais. Contra a corrente das inúmeras cesáreas, o local terá cursos de preparo para o parto natural, amamentação, cuidados com o recém-nascido, além de aulas de pilates para gestantes e massagem shantala.

Consultora do Laço Materno, Ana Cristina Duarte é fundadora do site Doulas do Brasil e uma das principais disseminadoras das técnicas que resgatam o feminino e auxiliam no parto mais humanizado. Ela esteve em Campo Grande para conhecer a Laço Materno e passar toda sua experiência para a equipe de profissionais do espaço.

Consultora do Laço Materno, Ana Cristina Duarte é fundadora do site Doulas do Brasil e uma das principais disseminadoras das técnicas que resgatam o feminino e auxiliam no parto mais humanizado. Foto: Alcides NetoConsultora do Laço Materno, Ana Cristina Duarte é fundadora do site Doulas do Brasil e uma das principais disseminadoras das técnicas que resgatam o feminino e auxiliam no parto mais humanizado. Foto: Alcides Neto

“O que a gente tem que mudar é o modelo de assistência ao parto no Brasil, nosso modelo é muito ruim de forma geral, nós temos muitas cesarianas e poucos partos normais, estamos muito atrasados nessa mudança. As mulheres estão pedindo isso, estão exigindo isso dos profissionais, que aos poucos tem buscado novas alternativas, novos modelos de assistência. Ter um espaço onde as pessoas podem se encontrar, se fortalecer é a base dessa mudança”, afirma Ana Cristina.

O Laço Materno surgiu do encontro de três profissionais da área de obstetrícia, que viram a necessidade de existir um espaço em Campo Grande onde fosse possível fomentar ideias e discussões construtivas sobre o mundo da maternidade e paternidade. Permitindo assim a possibilidade de um parto natural sem intervenções. Como disse o grande obstetra Michel Odent: “Para mudar o mundo, é preciso mudar a forma de nascer.” Um lugar onde as pessoas possam frequentar e esclarecer suas dúvidas que surgem todos os dias durante a gravidez e posteriormente com a chegada do bebê.

Espaço Laço Materno - Foto: Alcides NetoEspaço Laço Materno - Foto: Alcides Neto

“Você tem um espaço onde as pessoas trocam ideias e sentem que estão fazendo algo que não é maluco, perigoso ou esotérico, isso fortalece o movimento. Tudo que as mulheres querem é ter um parto em paz. Esse é um espaço onde quem pensa igual se encontra e se fortalece”, explica.

No Laço Materno serão realizados encontros por meio de rodas de conversas. E a primeira reunião já acontece no dia 19 de outubro. O “1º Encontro Banho de Balde” com inscrição gratuita, ensinará mães na prática sobre a técnica de banho no bebê. No fim do mês acontece nossa roda com o tema: “conversando sobre o parto”. Também com inscrição sem custo.

O espaço terá cursos de preparação para o parto, amamentação, cuidados com o recém-nascido, além de aulas de pilates para gestantes e massagem shantala, técnica indiana que pode ser aplicada nos bebês a partir do primeiro mês de vida. As inscrições já podem ser feitas pelo telefone (67) 3222 – 9614, (67) 9 9901 6513.

Siga a Laço Materno no Facebook e Instagram
Visite nosso espaço na Rua Padre João Crippa, 1853 - Centro.

 

imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.