A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

05/07/2014 10:02

Empresa oferece método novo, mas mudar comportamento emagrece

Aliny Mary Dias
Empresa usa substitutos alimentares como parte da receita para emagrecer (Foto: Divulgação)Empresa usa substitutos alimentares como parte da receita para emagrecer (Foto: Divulgação)

Um novo método considerado sucesso em todo o mundo e que promete emagrecimento saudável chega a Campo Grande. A dieta proteinada, como é intitulada pela empresa Pronokal, tem três etapas para que os pacientes alcancem o corpo tão desejado. Apesar da novidade, especialistas garantem que a maneira mais saudável e eficaz de emagrecimento é a mudança de alimentação associada ao exercício físico, receita que todo mundo sabe, mas que muitos preferem ignorar para aderir à dietas milagrosas.

Veja Mais
Chef mobiliza amigas e para emagrecer cria projeto “Saboneteiras RA” em 4 fases
Criada para combater miséria, Pastoral agora trata crianças com sobrepeso

A dieta baseada em proteínas não sobrecarrega fígado e rins, conforme a Pronokal. São três etapas, na primeira, são usados substitutos alimentares à base de proteína, combinados com suplementação vitamínica e consumo de verduras com baixo teor de carboidrato.

Na segunda, os alimentos voltam ao cardápio aos poucos, ainda combinados com os substitutos alimentares. E a última etapa é a fase de manutenção que se caracteriza por uma dieta normocalórica, que depende da necessidade de cada um.

Diretor da empresa carioca que traz a Campo Grande o método para emagrecer, Richard Magrath afirma que em todo o mundo mais de 350 mil pessoas já experimentaram a dieta proteinada e tiveram resultados positivos. A empresa agora habilita médicos da Capital para aplicar o método em campo-grandenses.

Diante dos métodos inovadores, há quem acredite que comer certo e fazer atividades físicas é suficiente para emagrecer. Proprietária da empresa Alimentar Dietas Especiais, que elabora e entrega refeições onde o cliente estiver, Lais Lunardon explica que a reeducação traz qualidade de vida para quem decide realmente mudar.

“Nós temos uma dieta equilibrada e a pessoa aprende a comer. Não pregamos dieta da moda, nós oferecemos o mais natural possível com menos sal e menos gordura. Esse é o único jeito que funciona porque quando a pessoa faz dieta radical, o corpo cria mecanismos de defesa e engorda muito mais depois”, afirma.

A proprietária da empresa, que também é nutricionista, explica ainda que atualmente há um terrorismo alimentar por parte de próprios profissionais da área. “As pessoas não sabem se alimentar, os profissionais dizem que não pode comer nada, que tudo faz mal, mas o ser humano é onívoro e pode comer de tudo”, diz Lais que ressalta a importância das atividades físicas aliadas à mudança de alimentação.

E as atividades físicas são mesmo a melhor saída. Coordenador do TOI (Tratamento de Obesidade Interdisciplinar) e nutrólogo, Sandro Benites, explica que a única madeira de emagrecer, principalmente no caso dos obesos, é aplicar uma reeducação comportamental. Isso quer dizer que não só a mudança de hábitos alimentares, mas também a de modo de ser é necessária para a mudança de vida.

“Nossa proposta é a reeducação comportamental. Se levar em consideração só comer menos, a pessoa perde massa muscular, então precisa ter atividade física e a reeducação alimentar, e nos casos de obesidade, precisa ter o tratamento com medicamentos”, completa.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.