A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

13/02/2015 06:45

Microfisioterapia é uma das alternativas para acabar com insônia

Ângela Werdemberg
Joelma Patrícia Rossetto é fisioterapeuta e trabalha com a técnica há dois anos.Joelma Patrícia Rossetto é fisioterapeuta e trabalha com a técnica há dois anos.

O toque inteligente que corrige as marcas deixadas por eventos traumáticos. Assim define a microfisioterapia a especialista sobre o assunto que o Lado B encontrou aqui em Campo Grande, Joelma Patrícia Rossetto é fisioterapeuta e trabalha com a técnica há dois anos.

Veja Mais
Para fazer o mundo sorrir, grupo sai às ruas doando bons sentimentos
Clínica realiza palestras para sanar dúvidas sobre infertilidade conjugal

Ela explica que a terapia é científica, criada por franceses e fundamentada na física quântica, anatomia, filogênese e embriologia. “É possível fazer a leitura do corpo do paciente a partir de micropalpação, do toque suave e preciso”.

A microfisioterapia tem por objetivo encontrar no corpo traços deixados por eventos traumáticos e efetuar manualmente ações que estimulam os mecanismos de autocorreção. “Toda agressão registrada no cérebro gera uma memória relacionada a este evento e deixa uma marca correspondente no corpo que pode ser encontrada na pele, chamada cicatriz patológica. Esta cicatriz é um vestígio da agressão que pode ser detectado pelas mãos do terapeuta”.

O Lado B foi experimentar esta técnica, que de tão mística, chega ser difícil de acreditar que é uma ciência. Como descobrir com um simples toque eventos e ainda dar data do acontecimento? Marcamos nossa sessão e fomos conferir de perto como funciona esta terapia.

Com leves palpações pelo corpo, testa e nariz Joelma explica que está fazendo uma leitura corporal. Estas micropalpações suaves simulam a agressão recebida fazendo com que o corpo entenda que deve realizar a autocorreção. A microfisioterapia atua exatamente sobre as desordens que não puderam ser eliminadas pelo corpo no momento da lesão, e que são responsáveis por doenças. Digamos que seja uma limpeza do que nosso corpo tem registrado de negativo.

“Quando sofremos agressões do meio externo nosso corpo a memoriza e modifica a vitalidade tecidual. A agressão deixa cicatrizes que atrapalham o funcionamento das células e dos tecidos orgânicos”.

Durante o atendimento, Joelma seguiu um mapa, fixado na parede do consultório, criado a partir do estudo da embriologia para encontrar as cicatrizes patológicas inscritas na pele. Aí é que entra o lado curioso da microfisioterapia. Com os toques e algumas olhadas para o mapa, a fisioterapeuta datava acontecimentos. Data de lesões físicas, acidentes e doenças congênitas.

Magicamente ou não, a microfisioterapia é famosa em tratamento de insônia, prisão de ventre, depressão, alergia, cansaço e dores em geral.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.