A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

15/07/2015 06:23

Projeto quer levar pessoas ao parque para aproveitar os efeitos da lua cheia

Aline Araújo
A meditação acontece na noite de lua cheia. (Foto: Marcelo Calazans)A meditação acontece na noite de lua cheia. (Foto: Marcelo Calazans)

Não é necessário ter experiência, apenas vontade de meditar e disposição para ir até o Parque das Nações Indígenas à noite.

Veja Mais
Para fazer o mundo sorrir, grupo sai às ruas doando bons sentimentos
Clínica realiza palestras para sanar dúvidas sobre infertilidade conjugal

A “Meditação da Lua Cheia” é um evento que convida as pessoas a pegar uma manta ou toalha para sentar no gramado e meditar em conjunto no dia 30 de julho, às 20h.

A meditação é uma prática milenar voltada para o bem-estar mental, a ideia é conseguir deixar a mente calma, serena, em paz e livre da agitação. Uma maneira de trabalhar com o interior, acreditam os praticantes.

Em algumas cidades do Brasil, o evento já é mensal, realizado sempre que a lua está na fase cheia. Mas em Campo Grande foi marcado pela primeira vez, convocado via Facebook.

Por aqui, a única divulgação é via rede social. Mas se as 500 pessoas que já confirmaram presença aparecerem, o evento será graande, mesmo que aconteça de maneira espontânea.

Segundo o site do Arte de Viver, organização que promove a meditação simultânea em mais de 21 cidade do Brasil, em grupo o trabalho têm um efeito potencializado. E a iniciativa serve para contribuir com a divulgação das práticas de meditação.

A justificativa para meditar a luz do luar é que assim como a lua tem efeito nas marés e em toda a água do planeta, acredita-se que ela também tenha influencia sobre o nosso corpo, que é composto por cerca de 70% de água. Seguindo essa linha de pensamento, a meditação na lua cheia trabalha para harmonizar esses efeitos.

Foto: Reprodução/ Arte de viver)Foto: Reprodução/ Arte de viver)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.