A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

03/03/2015 06:55

Depois de recorde de público em Campo Grande, museu começa jornada pelo País

Edson Godoy
Depois de recorde de público em Campo Grande, museu começa jornada pelo País

O Carnaval foi bem mais animado para os gamers do Mato Grosso do Sul em 2015. Isso porque no sábado de Carnaval começou a quinta edição da Campo Grande Game Show, no Shopping Bosque dos Ipês. O evento, que é a casa do Museu do Videogame Itinerante atraiu público recorde esse ano (quase 200 mil pessoas em 9 dias!!), mesmo com um período menor de evento que os anteriores.

Veja Mais
The Last of Us 2, novo Uncharted e tudo mais que rolou na PlayStation Experience
Last Guardian e Mario Maker no 3DS puxam lançamentos de dezembro

Forma mais de 40 consoles jogáveis de várias eras em exposição, desde o Telejogo Philco Ford, primeiro console lançado no Brasil, até consoles mais modernos como Playstation 3 e Xbox 360. Queria jogar um pouco de Playstation 4 ou Wii U? Sem problemas!! Estandes oficiais da Sony e da Nintendo traziam esses consoles lá para o deleite do público. Detalhe: o evento é totalmente gratuito! Basta esperar a sua vez, pegar o controle e começar a diversão.

Além disso, o evento trouxe mais uma vez o Museu do Videogame, com mais de 200 consoles de todas as eras, contando mais de 40 anos de história dos videogames. O museu passa a ser itinerante a partir desse ano e já tem passagens confirmadas por Londrina/PR (de 06 a 22 de março), Recife/PE (abril) e Pelotas/RS (maio/junho). O museu é uma aula de história imperdível.

Outra grande atração desse ano foi a apresentação da banda gamer Mega Driver. A banda de rock tocas suas músicas inspirada em músicas que fizeram história nos games, principalmente das eras 8 e 16 bit. Isso significa que jogos como OutRun, Altered Beat, Sonic, Alex Kidd in Miracle World, Double Dragon e vários foram revividos musicalmente no palco. A banda ainda traz composições próprias, sempre baseadas no mundo dos games.

Andrey Mota, cosplayer no Game Show. (Foto:  José Ignácio)Andrey Mota, cosplayer no Game Show. (Foto: José Ignácio)

Um espaço inédito disponível esse ano foi para a apresentação de games produzidos aqui em nossa capital. Um deles, o game A Plataform Tale, da empresa Ramk-D, já foi mostrado aqui no Lado B no primeiro semestre do ano passado, quando estava em fase inicial de desenvolvimento.

O game está com seu primeiro capítulo pronto e será lançado em breve, inicialmente para dispositivos android. A expectativa é que o game também seja lançado para Windows Phone e IOS, e também para o console Ouya. O game tem um ar retrô muito legal e apresenta jogabilidade precisa.

Dentro do evento também rolou diversos campeonatos: LeagueofLegends, Just Dance e Dota 2 foram os games que provocaram grandes disputas. Além dos games, o tradicional campeonato de Cosplay foi um dos pontos altos do evento. A qualidade das fantasias dos participantes foi impressionante e chamou muito a atenção de todos que estavam curtindo o último dia do evento.

Agora o Museu do Videogame Itinerante segue para Londrina/PR.  Pra matar saudade do evento, confira o mais novo episódio do meu programa no youtube, o Video Game Data Show, gravado dentro da Campo Grande Game Show. Trechos da apresentação da MegaDriver, entrevistas e muitos mais do que rolou no evento.

A coluna de games do Lado B tem o apoio do portal geek Diplomacia Nerd. Visite também o meu site, o Video Game Data Base.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.