A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

04/08/2015 12:00

Foco do Xbox One é franquias da Microsoft e há novidades na retrocompatibilidade

Edson Godoy
Foco do Xbox One é franquias da Microsoft e há novidades na retrocompatibilidade

Todas as fabricantes de consoles do mundo sonham em ter um “killer-app” para seus consoles, aquele jogo que faz o possível comprador tomar a decisão de investir no aparelho. Como foi Super Mario World e Street Fighter 2 para o Super Nintendo ou Final Fantasy VII para o primeiro Playstation. Como os exemplos mostram, nem sempre é possível arrebatar o público com as próprias franquias da marca e por isso as softhouses ganham peso nessa luta.

Veja Mais
Last Guardian e Mario Maker no 3DS puxam lançamentos de dezembro
Dos três modelos da linha PlayStation 4, qual se encaixa melhor para você?

Mas a Microsoft confia firmemente em suas franquias e pelo visto, investir nelas será o principal foco da empresa. É o que disse Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, em entrevista ao site chinês Gamecores. De fato, não é uma aposta ruim. Afinal, a Microsoft possui um portfólio poderoso de franquias próprias: Halo, Gears of War, Forza Motorsport e Fable, só para citar algumas que terão novas versões em breve no mercado.

Isso não quer dizer que parcerias como a feita com a Square para ter exclusividade temporária do game Rise of the Tomb Raider, mas deixa claro que esse tipo de investimento da empresa será exceção. A ideia é fortalecer cada vez mais o relacionamento com as outras softhouses, mas gastar milhões para ganhar algum tipo de exclusividade será algo cada vez mais incomum com a empresa. Isso deve ser mostrado na Gamescom, a maior feira de games da Europa, que acontece essa semana na Alemanha.

Outra novidade sobre o Xbox One se refere à retrocompatibilidade anunciada na E3. Uma das maiores surpresas anunciadas na E3 pela empresa, que prometeu até o final do ano uma lista de 100 títulos de Xbox 360 que serão compatíveis com o atual console, começa a revelar um pouco mais sobre o futuro dessa retrocompatibilidade. O Vice-Presidente Corporativo da Microsoft, Kudo Tsonada, deu entrevista para a revista oficial americana do Xbox dizendo que a primeira meta é completar os 100 títulos prometidos e depois ir lançando os jogos de acordo com a demanda do público.

Como o lançamento de cada jogo desse envolve uma série de direitos e licenças dos desenvolvedores, então é improvável (impossível, vai...) que todos os jogos do 360 sejam compatíveis com o One. Provavelmente acontecerá algo nos moldes da retrocompatibilidade do Xbox clássico de 2001 com o Xbox 360, mas com uma melhor seletividade dos títulos compatíveis, já que a Microsoft parece querer ouvir os jogadores sobre quais jogos eles tem mais interesse que sejam compatíveis. De qualquer forma é legal ver que a Microsoft está atenta à vontade dos jogadores e buscando alternativas para aumentar a popularidade de seu console.

Confira abaixo o mais novo episódio do programa Warpnews do canal ZeroQuatroMídia, trazendo essa e outras novidades do mundo dos games e também um vídeo do game DeadRising 3, exemplo de jogo de outra softhouse (Capcom) lançado com exclusividade (nos consoles) para o XboxOne.

A coluna de games do Lado B tem o apoio do evento Revolution 2015, que acontece no Clube Okinawa, aqui em nossa Capital, nos dias 08 e 09 de agosto. Para maiores informações, visitem o site do evento.

Visite também o meu site, o Vídeo Game Data Base.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.