A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

26/09/2013 07:12

Óculos como acessório: há quem compre sem precisar, só para compor o visual

Paula Maciulevicius
Na Ótica Inami, na 13 de Maio, óculos Givenchi é vendido a partir de R$ 870. (Fotos: João Garrigó)Na Ótica Inami, na 13 de Maio, óculos Givenchi é vendido a partir de R$ 870. (Fotos: João Garrigó)

De brincos, colares, pulseiras, relógio até óculos. O que antes era para correção de miopia, hipermetropia e astigmatismo, hoje virou moda. Nas óticas de Campo Grande, os vendedores estão se acostumando com os clientes que chegam em busca apenas de uma armação bacana, para arrematar o visual e com lentes sem grau algum.

Veja Mais
Canal masculino de moda tem tradução em libras para democratizar acesso
Tem gosto pra tudo...Agora, até para combinar gravata de madeira com camisa

O estilista Márcio Massad dá a palavra, a galera está mesmo usando por estilo. “São os que têm uma preferência mais fashionista, os mais antenados procuram esse tipo de acessório, que dá um estilo no look”.

Ele próprio não entrou nessa por querer, mas por obrigação. Os três que mantém em casa são de grau e no estilo discreto, de armação pequena, retrô e Ray Ban. “Depende da roupa, fica bacana”, combina.

Proprietária Cristina Kazue fala que o que manda na escolha é seguir a tendência. Proprietária Cristina Kazue fala que o que manda na escolha é seguir a tendência.

Na opinião de quem entende, o Ray Ban continua em alta. As armações de aviador arrematam qualquer visual, seja no preto, colorido, branco e até transparente. E no mostruário das óticas, são esses os modelos campeões de saída. Alta entre adolescentes, as lentes como acessório estão também virando mania entre mulheres de meia idade, garante o gerente de ótica Nilton Fernandes Braga Araújo, de 50 anos.

Quem compra escolhe a armação que lhe cai bem seguindo as tendências e leva pra casa lentes planas, ou seja, sem nenhum grau. Os clientes que optarem podem levar as transition, àquelas que se ajustam automaticamente ao tipo de luminosidade e também as lentes antireflexo.

Proprietária de ótica, Cristina Kazue, fala que para vender assim tem que ser moderno e seguir a tendência. A clientela, ela resume que depende da época, quando a banda Restart estourou, por exemplo, as vendas de armações multicoloridas seguiram no alvoroço.

Armações de grife, Ray Ban e Givenchi, podem ser encontradas a partir de R$ 280 e as lentes, tem um preço mínimo de R$ 60.Armações de grife, Ray Ban e Givenchi, podem ser encontradas a partir de R$ 280 e as lentes, tem um preço mínimo de R$ 60.
Na Ótica Campo Grande, na 14 de Julho, os modelos Ray Ban saem a partir de R$ 200.Na Ótica Campo Grande, na 14 de Julho, os modelos Ray Ban saem a partir de R$ 200.

“Normalmente são jovens e mulheres que procuram, mas se um blogueiro lança ou aparece alguém na TV, os clientes descobrem que marca era e vem atrás”, conta Cristina.

Na loja a saída são dos óculos de grife, Givenchi, Michael Kors, Ray Ban, Prada e Dolce e Gabana. Os valores começam a partir de R$ 280 só a armação. Uma lente plana é vendida a partir de R$ 60.

“Se você ver são óculos retrôs, mas modernos para o rosto de hoje. É um retro estilizado, o mais antigo era pesado, hoje tem duas chapas, duas cores”, explica.

A nossa dúvida era se usar por moda e não por necessidade poderia trazer algum prejuízo à visão. “Se a lente não tem grau nenhum, então não tem problema. Pode usar à vontade como acessório”, afirma o oftalmologista Marcos Piccinin.




Troquei meu óculos de sol após dez anos de uso, comprei um Ray Ban na ótica Ipanema e paguei 900 reais, mas não por vaidade e sim necessidade. Tenho miopia em um grau elevado e astigmatismo, além de fotofobia, então preciso de um óculos específico, com lentes mais finas (senão fica fundo de garrafa) e a armação não pode ser de material frágil nem pode ter curvatura, pois pode quebrar e interferir no grau.
 
Aline Vilela em 26/09/2013 14:27:14
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.