A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

09/10/2013 06:41

Para tirar sarro de grife, campo-grandense cria boné e aposta em famosos

Anny Malagolini
César Menotti e Fabiano com o boné na praia, no Rio de Janeiro. (Foto: Divulgação)César Menotti e Fabiano com o boné na praia, no Rio de Janeiro. (Foto: Divulgação)

Para quem acha um absurdo a loucura da gurizada por um boné da grife “John John”, surgiu em Campo Grande uma alternativa bem humorada e ao estilo sul-mato-grossense. O empresário Elvis Miranda, de 30 anos, criou a marca “Jãum Jãum, Made in Mato" e surpreende com os resultados em pouquíssimo tempo. Em dois meses, mais de 10 mil bonés foram vendidos e a brincadeira virou moda entre quem gosta de sertanejo.

Veja Mais
Canal masculino de moda tem tradução em libras para democratizar acesso
Tem gosto pra tudo...Agora, até para combinar gravata de madeira com camisa

O acessório foi lançado na coleção de Inverno, mas caiu no gosto geral quando alguns famosos passaram a desfilar com um Jãum Jãum na cabeça. Não há estampas ainda, apenas modelos com uma ou duas cores e o nome bordado, tudo bem simples. O que parece empolgar é o sarro. “A gente vem do mato, esses bonés aí são para playboy, de quem frequenta o eletrônico”, comenta Elvis sobre o "concorrente" JohnJohn

A base é comprada em São Paulo e bordada em Campo Grande. O preço já foi mais barato, mas com todo mundo na balada sertaneja querendo um Jãum Jãum, hoje o boné é vendido a R$ 89,90. O da grife de jeans custa o dobro, a partir de R$ 180,00.

Enquanto a marca John John é brasileira com um apelo internacional, sempre escolhendo astros lindos de cinema para protagonizar as campanhas, o produto sul-mato-grossense tem como principais garotos propaganda os gordinhos César Menotti e Fabiano.

Elvis, o empresário responsável pela nova marca (Foto: Divulgação)Elvis, o empresário responsável pela nova marca (Foto: Divulgação)

Elvis é empresário do cantor sertanejo Loubet e como está envolvido no meio musical, não foi difícil criar o marketing da marca com a ajuda também de artistas como Munhoz e Mariano.

O nome não é só uma referência "rústica", mas segundo o dono, um chavão criado por ele mesmo, ainda quando “guri”, quando chamou uma pessoa de "Jãum" e a gíria pegou. “Tenho a mania”, assume.

Para o ano que vem, o empresário vai apostar na grife com lançamentos de jaqueta, colete, tudo ao estilo country. "O público consumidor é o sertanejo", lembra.

Ele também criou um site para as vendas circularem o Brasil. Além do Mato Grosso do Sul, a marca ganhou representantes de venda em São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso e até em Rondônia. 

Em Campo Grande, o responsável por vender o acessório é Marcelo Gurgel, que soube da ideia do amigo e logo tratou de impulsionar as vendas. "Chego a vender 600 bonés por semana e a entrega é feita em domicilio", detalha. O contato é feito pelo Facebook da marca.

Mariano, da dupla Munhoz e Mariano, também com o boné.Mariano, da dupla Munhoz e Mariano, também com o boné.



Achei show o boné...Parabéns pela criatividade,com os garotos propaganda o pessoal que gosta desse estilo vai querer...eu mesmo quero um pra mim.quem não gostou do preço compra os do camelo...
 
Keila de Freitas em 06/12/2013 10:53:03
Adorei....
 
Joice Vieira em 23/11/2013 14:20:07
Quero revender, como faço???
 
Stela Zimermann em 08/11/2013 16:37:50
Como tem gente invejosa! Compra Jãum Jãum quem pode comprar!! Só se dá bem na vida quem tem coragem de OUSAR. Ao invés de criticar o empreendedor do nosso Estado, vá colocar seu cérebro pra funcionar e tornar-se útil a nossa sociedade, q anda necessitada de homens criativos e empreendedores.Se o rapaz tem sorte de ter sabedoria pra ir a luta com dignidade, então pq criticas destrutivas??(invejaaa...) Parabéns Elvis! Vá enfrente pq o mundo está a sua espera!!
 
Marilda Tolentino em 10/10/2013 21:05:38
Pra quem quiser comprar um boné aqui em Campo Grande só me add no Whatsapp Marcelo Gurgel (67) 8481-6701 ou no face: https://www.facebook.com/marcelo.gurgel.96 . Só escolher o modelo que entrego em sua Residência... Obrigado a Todos, e mês que vem teremos novidades.. Aguardem... e Abraço a todos..
 
Marcelo Gurgel em 10/10/2013 10:56:53
Engraçado, só acham caro porque ficou sabendo que nao é marca conhecida, se nao soubessem pagariam até 200,00 sem reclamar não éeee..........
 
Creuza Maria Queiroz Pereira em 10/10/2013 06:53:38
a idéia é boa e o boné é masa só que 90 reais já ta caro, com poucos meses de venda já ta assim, daqui um ano ta mais caro que um john jhon..
 
Willian Katsumata Landgraf em 09/10/2013 22:09:27
Parabéns ao criador Elvis Miranda. quem dera se no nosso MS tivesse mais gente usando sua criatividade para o bem, para impulsionar nosso Estado. Admiro pessoas assim. Tem gente que só usa a cabeça pra fazer o que não presta ou pra prejudicar alguém.
 
Soniam Verão Teodoro em 09/10/2013 19:05:38
A idéia foi muito boa mesmo, mas o preço tá di grifi, tinha que ser no máximo cinquentão, tanto é que eles só subiram o preço depois do sucesso, ou vai dizer que voces ficaram no prejuizo no começo? Mas o pior mesmo foi dizer que o Elvis inventou o Jão quando era pequeno, a não ser que voce tenha 60 anos, eu morava no interior de Sao Paulo e já chamavam o povo de Jão, Jou, etc. Mas tão de parabens pela iniciativa, agora, se o boné custa 90 imagina o preço do colete e jaqueta, vai ser só pra playba disfarçado de bicho do mato.
 
maximiliano nahas em 09/10/2013 18:49:34
Este empresário viu uma oportunidade e aproveitou o momento da marca de grife, as oportunidades estão por ai, só esperando alguém com idéias empreendedoras.
 
Diogo da Silva em 09/10/2013 18:48:41
Barato ou caro...compra quem quer...
 
Roseli Almeida em 09/10/2013 18:39:56
A pessoa para fazer sucesso tem que ter alguns diferenciais por exemplo: ter capacidade, ter coragem, saber a hora certa de fazer a coisa acontecer e também ter um pouco de sorte e o esse jovem Elvis Miranda tem sorte mesmo, pois veja todos as pessoas sem noção que aqui postaram comentários maldizendo sua iniciativa, a maioria delas se queixaram do preço, então é sinal que somente as pessoas de bem com vida e com alto astral que vão comprar o boné “Jãum Jãum, Made in Mato". Mas, a vida é assim mesmo, as vezes pessoas com atitudes calhordas tentam transformar a inveja e o negativismo em maledicência.
 
Luis Acordado em 09/10/2013 18:36:48
Sou sul-mato-grossense, adoro sertanejo, principalmente os que surgem dessa terra e adorei! Quero um loooogo! Já havia procurado pra comprar aqui no MT, pq estou morando aqui agora e não achei... Mas pelo jeito a ideia foi super aceita, pois já vi uns dois por aqui com o boné rsrs..muito legal!
 
Maria Peres em 09/10/2013 18:19:53
Fácil falar que não vale nem 30 reais, duvido que se fosse você que tivesse tido a idéia iria vender por 30 reais, o Brasil não é que nem na China onde a mão de obra é barata e desvalorizada, onde se exporta a preço de banana. Bonés de 30 reais você encontra na feira e no camelódromo, daqueles mais simples e barrelas, e olhe lá... Além de ser minha opinião é a realidade, meu caro ! ;)
 
Sabrina Ramirez em 09/10/2013 17:52:51
Oportunismo apenas. Não vale nem 30 reais. Minha opinião. Obrigado.
 
Paulo Miranda em 09/10/2013 16:45:40
Muito boa a idéia do boné, eu particulamente virei fã e não achei caro não! 90 paus por um boné onde a criatividade foi muito boa, se fosse eu que tivesse criado não iria "dar" por 20 ou 30 reais... tem todo um custo, mão de obra, o boné que nem é daqui, imposto e tudo mais. Os sertanejos todos usando,sou muitooo fã de MeM, Cezar Menotti e Fabiano, Loubet e por aí vai.... Orgulho dos nosso estado!! Sucesso em tudooo!!!
Postei ontem uma foto com ele no instagram: sahramirez
Parabéns ao Elvis pela criatividade e o sucesso!!
 
Sabrina Ramirez em 09/10/2013 15:43:02
Não tem que abaixar o preço, o boné tem qualidade e não é modinha é R$1,99 - o é boné de grife. Quem quer usar boné baratinho vai lá no Posto Ipiranga, lá é de grátis.
 
Luis Acordado em 09/10/2013 14:39:53
Caro mesmo.
 
Luciana Santos em 09/10/2013 13:58:11
Tem que ser muito bestãum para pagar 90 paus num Jãum Jãum.
 
Alexandre Telles em 09/10/2013 13:35:15
Já tinha visto esses BONÉS circulando na cabeças de uns e outros em C.Grande, porém, pensei que fosse da marca "Cavalera" que costuma fazer sátira com as marcas da "modinha". Gostei da idéia, bem original,mas como disse o amigo acima,o preço está bem fora dos padrões de quem é "do mato", e é claro, que a comparação com 1 boné da famosa John John é um tanto ingênua. Enfim,com preços a este nível, a contradição é inevitável...
 
Caru Campos em 09/10/2013 13:05:58
aow potencia de bone jaum jaum vo compra u meu!!!
 
JONATAS ALVES em 09/10/2013 12:42:19
Realmente! Se não baixar, cai em contradição.. Vira modinha besta, normalidade em CG.
 
JESSICA MACHADO em 09/10/2013 11:44:02
John John é para os fracos, os fortes usam JÃUM JÃUM #MADE IN MATO
Adoooro meu boneé, Marcelo G. suuuper gente fina, chic na butina ;)
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=565144606879762&set=a.563014280426128.1073741830.555882864472603&type=1&theater
 
Kelly Corrêa em 09/10/2013 09:36:43
Tem que ficar mais barato, senão vai cair em contradição.
 
joao de deus em 09/10/2013 07:44:29
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.