A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

11/06/2012 18:28

Animale abre SPFW com cores sóbrias, muitas estrelas e poucas novidades

Ângela Kempfer, de São Paulo
Rosie-Huntington com saia de couro e zebra. (Foto: SPFW)Rosie-Huntington com saia de couro e zebra. (Foto: SPFW)

A primeira noite do São Paulo Fashion Week é a mais concorrida, o que exige determinação e paciência para conseguir a rebarba de convites já distribuídos às maiores revistas de moda e às celebridades.

Veja Mais
Canal masculino de moda tem tradução em libras para democratizar acesso
Tem gosto pra tudo...Agora, até para combinar gravata de madeira com camisa

No caso da Animale, tive na concorrência alguns mulherões como Sophie Charlotte e Christine Fernandes, muito bem sentadas na primeira fila. Há tempos não via Shirley Mallmann, que dividiu a passarela com um casting estrelado: Ana Beatriz Barros, Aline Weber e Izabel Goulart.

Mas depois de maratona em busca de convites (que começou às 14h e só terminou depois das 17h), vamos à marca carioca, que em Campo Grande exibe a coleção em loja do Shopping Campo Grande.

Assistir a um desfile com tamanha produção quase faz a estreante prestar mais atenção à música do que à roupa, até porque a coleção não prezou pela novidade.

A marca abriu hoje o São Paulo Fashion Week com o pé na África do Sul, mas nem a top britânica Rosie-Huntington foi algo diferente, já que é a atual garota propaganda da grife. A inglesa entrou duas vezes, a última dela com um look perfeito, uma saia lápis de couro de fazer qualquer mulher morrer de inveja.

Transparência em macacão com alma esportiva, mas chique.Transparência em macacão com alma esportiva, mas chique.
Estampa de tartaruga em vestido Animale, discreta.Estampa de tartaruga em vestido Animale, discreta.

Sobre o desenvolvimento da coleção, em uma viagem ao continente das feras, a equipe da marca fez fotos noturnas que serviram de base para as estampas, o que identifica esta coleção mais fresca.

A estilista Priscilla Darolt alinhavou Inverno e Verão, transição feita em um safári noturno, ao voar da malha de seda, mas com tecidos pesados também como o tricô e o couro com stretch e alguns agradinhos às peças em palha e ráfia.

Usar esse tipo de material mais pesado foi, justamente, o que deu mais trabalho à Animale. O resultado está em coletes bem cortados e detalhes em uma peça e outra.

O macacão continua no Verão da Animale, o monocromático idem, assim como o animal print, mas nas estampas estão as texturas do casco da tartaruga, da pele da zebra, tudo no detalhe, assim como nos vestidos de inverno.

As cores não são as alegres, uma obviedade do Verão. Há vinho, além de verde e amarelo, clarinhos.

A personalidade da estação quente está nos tecidos leves, fluídos, por vezes contrastados com o corte mais justo, como na calça que lembra o universo esportivo. Nos vestidos, a novidade é o body embutido que faz a peça vestir como poucas.

Agora parto rumo à fila para o desfile de Herchcovitch.

Transparência contrasta com couro.Transparência contrasta com couro.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.