A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

12/06/2012 22:52

O surpreendente Ronaldo Fraga usa estamparia para falar do Pará

Ângela Kempfer
Vestidos que parecem usar técnica da marchetaria.Vestidos que parecem usar técnica da marchetaria.

Ver o trabalho de Ronaldo Fraga me emocionou como no dia em que cheguei perto de uma tela de Tarsila do Amaral. Por sorte, minha primeira São Paulo Fashion Week ocorre justamente quando o estilista volta à semana de Moda, depois de pular a última edição.

Veja Mais
Canal masculino de moda tem tradução em libras para democratizar acesso
Tem gosto pra tudo...Agora, até para combinar gravata de madeira com camisa

O argumento para deixar o SPFW no ano passado do "só vou desfilar quanto tiver algo relevante para mostrar”, se justificou na passarela desta terça-feira.

Ronaldo montou uma floresta Amazônica para receber os convidados e apresentar a coleção 2013 e peça a peça mostrou porque era um dos mais esperados. O cenário teve o Pará, do piso de madeira as palmeiras, samambaias, costela de adão, tudo natural.

A coleção "Turista Aprendiz na Terra do Grão-Pará" teve até a atual rainha do brega, Gaby Amarantos na primeira fila, como convidada VIP do estilista. "Xirley", canção da cantora, apareceu entre uma música e outra e também na alma de algumas peças.

 O surpreendente Ronaldo Fraga usa estamparia para falar do Pará
 O surpreendente Ronaldo Fraga usa estamparia para falar do Pará

A estamparia, que nunca foi tão explorada pelo estilista, tem vitória-régia e revoada de gpássaros. Mas são os vestidos e tunicas com mandalas em madeira o mais surpreendente.

Vestidos longos pareciam feitos com mosáico de madeiras, quase uma marchetaria.

Na proposta há marrom, cáqui, branco,verde, laranja, rosa, amarelo, azul...Um volume grande de tons que fazer o Verão de Ronaldo Fraga.

Na linha de produção do estilista, os vestidos são os mais femininos, mas também há bermudas e blazer, com o linho e o algodão amassado em combinações de uma cor só.

O ponto de partida para a coleção foram as viagens etnográficas do Mário de Andrade. Ronaldo disse que leu "Macunaíma" e "Turista Aprendiz" e desde então queria conhecer os mesmos caminhos.

Por fim, Ronaldo Fraga foi aplaudido em pé.




Estou em extase,como Paraense me sinto mais do que homenageada,diria respeitada,a coleção de Ronaldo Fraga faz jus as nossas belas paisagens,estampas tudo maginifico,Parabens Genio a moda!
 
Aldenora Alho em 14/06/2012 08:11:30
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.