A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

24/11/2012 17:27

Notificada, “Deixa Falar” corre risco de interdição

Elverson Cardozo
Agremiação foi notificada em abril deste ano. (Foto: Rodrigo Pazinato)Agremiação foi notificada em abril deste ano. (Foto: Rodrigo Pazinato)

A escola de samba “Deixa Falar” também corre risco de interdição, como aconteceu com a Igrejinha, que teve seu barracão lacrado e está proibida de realizar qualquer manifestação cultural em função de uma ação do MPE (Ministério Público Estadual).

Veja Mais
Parque das Nações terá Jota Quest de graça, além de Curimba e Bella Xu
Morre ator e comediante Guilherme Karan aos 58 anos

Diretor da comissão de carnaval, Alan Coelho, de 33 anos, conta que a agremiação foi notificada em abril desde ano, logo após os desfiles. Desde então, está proibida de ensaiar no barracão.

O problema é o mesmo da Igrejinha. Refere-se a reclamações feitas por moradores por conta do excesso de barulho. “Fomos intimados por causa de vizinhos. Só estamos podendo realizar eventos”, disse. Os ensaios, que ocorriam no barracão, estão suspensos.

“Nós estamos cumprindo o que determina a lei, estamos tentando nos adequar, tirando a licença ambiental”, comentou, ao mencionar o acordo firmado pelo TAC (Termo de Ajustamento de Conduta).

O medo da interdição e de não desfilar no carnaval de 2013 fez que membros da escola se unissem em protesto a favor da Igrejinha, que está com as portas lacradas desde o dia 14.

Diretor da comissão de carnaval, Alan Coelho. (Foto: Rodrigo Pazinato)Diretor da comissão de carnaval, Alan Coelho. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Com a notificação e decisão, membros das agremiações estão sem locais para treinar os sambas-enredo. A situação já preocupa a Lienca (Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande).

“Trata-se de duas escolas do grupo especial”, destacou o presidente da entidade, Eduardo Souza Neto, que compareceu à rua Barão do Rio Branco hoje, em apoio à manifestação carnavalesca.

“É triste para o nosso carnaval. Nós levamos cultura para o povo, para a população tão carente de cultura”, finalizou o diretor Alan Coelho.




Os presidentes de escolas de samba de campo grande, deveriam cancelar qualquer manifestação carnavalesca em campo grande, em forma de protesto, ai sim ganhariam apoio do governo do estado e da prefeitura de campo grande. pare e pence nisso
 
charlie rodrigues em 26/11/2012 09:55:49
NOSSA COMO É TRISTE SABER QUE ALEM DE NÃO DAR INCENTIVO ALGUM A NOSSAS ESCOLAS, AINDA ESTAO PROIBINDO ELAS DE TRAZER ALEGRIA PARA A POPULAÇÃO, GENTE CARNAVAL É CULTURA ESTA EM NOSSOS SANGUE.
BOA SORTE A ESCOLA IGREJINHA E A DEIXA FALAR. VCS VÃO CONSEGUIR
 
ÉTILA DA SILVA GUEDES em 25/11/2012 06:24:47
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.