A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

18/07/2012 14:51

Casa de frango mais antiga da cidade não muda nada há 40 anos

Ângela Kempfer
Frango Gordo e a estrutura de 40 anos. (Fotos: Rodrigo Pazinato)Frango Gordo e a estrutura de 40 anos. (Fotos: Rodrigo Pazinato)
Seo Luis, de olho no frango como há 40 anos.Seo Luis, de olho no frango como há 40 anos.

O cruzamento da avenida Júlio de Castilhos com a presidente Vargas, no bairro Santo Amaro, é do Frango Gordo, não tem jeito. Há anos passo por lá e não imagino o lugar sem aquelas tábuas azuis e o cercadinho de madeira bem na esquina.

Veja Mais
Mistura de peruana com oriental, tendência para 2017 é cozinha que une 2 países
Cremosa e saborosa: aprenda a fazer Tilápia à moda da casa

Há 40 anos a imagem é a mesma, com seo Luis Pinatto Defendi, o dono, abrindo de tempo em tempo o forno para ver se os frangos já estão no ponto. O prédio é bem derrubadinho na fachada, mas dentro a organização indica capricho, comprovado pelos documentos da Vigilância Sanitária presos à parede.

Por ali, aos finais de semana passam o prefeito Nelsinho Trad, vereadores, gente como o presidente da Federação de Futebol, Francisco Cesário... “É uma clientela boa. Recebo secretário de Saúde aqui, para você ver como ando com tudo certinho. Tem até pessoas que pedem para não mudar nada, porque já virou patrimônio do bairro e da cidade”, diz seo Luis.

Com a cabeça branquinha, camisa e calça de alfaiataria, o simpático senhor de 88 anos só se mostra arredio quando digo que sou jornalista. Na hora, responde que não é dono do lugar, que só aluga o imóvel. Depois fala que está muito ocupado e começa a mexer em tudo para ver se eu desisto da reportagem.

“Eu tenho um movimento bom desde que abri e nunca precisei de propaganda ou reportagem. Então, melhor evitar”, justifica, logo se envolvendo em tarefas do outro lado do balcão.

Atravesso a rua e vou especular na concorrência. Em frente, a casa de frango assado Carlito é mais recente e a reforma transformou o lugar em um ponto como qualquer outro. Sobre o vizinho mais antigo, o atendente só fala que “é gente boa” e confirma que a clientela é de “alto padrão”.

Volto a tentar uma conversa com seo Luis e digo que não quero falar sobre qualquer questão polêmica que por ventura envolva o imóvel. Pela insistência, ele resolve contar uma história que começa na Itália, em Veneza. “Meus pais vieram de lá e compraram terras em Caxias do Sul (RS), foi lá que eu entrei na guerra de 1942”, anuncia.

O senhor, hoje vendedor de frangos, parece adorar a conversa sobre a II Guerra Mundial. “Defendi o governo do Getúlio Vargas é uma história que fez o que eu sou hoje”, justifica. Ele conta que comandava um “aparelho Russo, pronto para jogar bombas”. Tem orgulho explícito de ser um ex-combatente e brinca “sou perigoso, viu”.

Do outro lada da rua, Nelson toma cerveja à espera do frango no concorrente, porque seo Luis não deixa beber no Frango Gordo.Do outro lada da rua, Nelson toma cerveja à espera do frango no concorrente, porque seo Luis não deixa beber no Frango Gordo.

Durante a Guerra, lembra que nunca precisou “detonar qualquer bomba”, mas comenta que aprendeu a não ter medo de nada. “São dias difíceis, que exigem muito de um homem, não dá para não aprender nada, continuar como se não tivesse vivido toda aquela violência e miséria”.

De volta para casa, ainda no Rio Grande do Sul, resolveu comprar terras em uma região desconhecida, no então Mato Grosso. Veio para Campo Grande com a esposa e os filhos e viu Mato Grosso do Sul nascer. “A gente vivia aqui quando não tinha nada. Era só esse comércio nesse lado de Campo Grande. Peguei o prédio cru e fiz tudo, arrumei do meu jeito”.

Sobre as terras, garante que já passou tudo para o nome dos filhos, mas nega qualquer motivo que não seja prático. “Não quero que eles gastem com inventário, só isso”.

Hoje o asfalto está por toda a região, há casas de frango assado por todo o bairro, restaurantes, supermercados, mas seo Luis continua ali, sem mudar quase nada nos procedimentos adotados desde que abriu as portas.

O Frango Gordo não aceita cartão de crédito, nem de débito, não faz entregas, a balança tem quase 50 anos, assim como os armários.

Também é proibido beber no balcão. A cerveja e o vinho colonial estão nas prateleiras e na geladeira, mas só para levar para casa. “Quem bebe um, bebe dois, bebe três e daí pode mexer com uma mulher, ser deselegante com alguém, fazer bagunça. Isso eu não permito”, explica do dono.

Na linha de frente, servindo o frango com a farofa, o senhorzinho fica só, uma das poucas diferenças que a vida provocou. A esposa de seo Luis morreu no dia 21 de junho, depois de 65 anos ao lado do marido. “Sinto falta, ela vinha pra cá e ficava comigo o dia todo, mas tem coisas que não tem remédio”, lamenta




Parabéns pela excelente reportagem. Há 30 anos compro o frango assado mais gostoso de Campo Grande! Antes eles também vendiam refeições e eu sempre comprava para levar pra casa, muito gostosa, senti falta. Agora é só o frango assado com farofa. Meus sentimentos Sr. Luis pela perda de sua esposa. E parabéns pelo excelente atendimento, sempre sorridente e atencioso!
 
Maristela Cesco Brandão em 25/07/2012 12:19:48
Moro aqui na Regiao, do Santo Amaro, ha mais de 27 anos, e compro desde então frango assado som o Sr. LUiz, ele é mesmo uma pessoa super bacana
tudo ali é mto limpo, com mta higiene, e o melhor frango assado que ja provei.
 
Ramona Pereira Lopes em 19/07/2012 09:30:00
Gostei de ler esta matéria sobre o ponto comercial do senhor Luiz. Realmente, locais como este onde se preserva o ambiente familiar e o bom atendimento, devem ser mantidos; ou até mesmo adotados como patrimônio da cidade.
 
José Hélio em 19/07/2012 08:49:49
nossa e mesmo tudo verdade há anos k eu compro frango desse lugar.....desde então minha mãe já vinha comprando a anos tb.
 
Bianca Alves em 19/07/2012 08:28:06
sr.luiz parabens pela dedicaçao, e pela força de vontade, meus mais sinceros votos de sentimento pela falta da sua esposa, seu frango sem duvida e o melhor de MS, um grande abraço e SUCESSO.
 
dra. rosana tognini em 19/07/2012 07:31:31
Moro no Santo Amaro faz uns anos, e sempre passo por ali, mas como temos costume de julgar pela aparência nunca parei para conhecer o lugar, mas depois dessa reportagem faço questão de conhecer. Afinal são poucos lugares que podemos confiar 100% na higiene com alimentos.
 
Gisley Kelli em 19/07/2012 01:46:13
Esse é o meu grannnde avô!! Orgulho da família!!
Esse Italiano não é brincadeira!!
 
Camila Defende em 19/07/2012 01:08:03
Faz muito tempo mesmo que existe o frango gordo, já comprei uns 1000 kg de frango do seu Luis, conheço o lugar desde de muleke morei próximo ao local, parece que o tempo parou ali mudou pouca coisa , passo até hoje por ali para ir na casa dos meus pais que moram no Santo Amaro, comento com minhas filhas sobre o local.
Só resta a saudade da época que estudei na Escola Paulo VI e passava por ali.
 
Evanildo Ossuna em 18/07/2012 11:09:01
além do frango delicioso, os pés dos frangos são irresistiveis que é uma dificuldade
encontrar pois a procura é muita. charme e simpatia é o que o frango gordo tem de bom.....
 
Esequiel Teixeira em 18/07/2012 10:51:05
Parabens Angela, belo padrão de materia.
 
DALVA PEREIRA em 18/07/2012 10:43:31
ANGELA OBRIGADA POR ESSA MATÉRIA COM MEU PAI, FICOU MUITO BOM, TEXTO SIMPLES IGUAL ÃO ENTREVISTADO; PARABÉNS MESMO DIZENDO QUE NADA SERIA PUBLICADO.
 
sirlei defendi em 18/07/2012 10:23:42
Edelaine Silva
Conheço Seu Luiz há 30 anos, NUNCA o vi de mal humor,marrento ou de mal com a vida. Um Sr cheio de energia, sempre sorrindo e nos recebendo com um BOM DIA VIZINHA. Sobre o desconto, em frente do estabelecimento do Seu Luiz vende frango tb, e é mais barato. Já ouviu falar que a gente recebe o que dá? Deve ser o seu caso. Fica dica.
 
Rosely Mônaco em 18/07/2012 10:00:34
Mudei-me para o Lar do Trabalhador em Agosto de 1969, logo pelas mãos de minha mãe,aprendi o caminho das compras do frango nosso de cada dia,comprava-se inteiro,por kilo,por gramas,e mais tarde o frango assado.
Parabéns ao Sr.Luis,pela qualidade,competência,e Fé no que faz,um grande exemplo de empresário bem sucedido,atualmente os meus filhos já são clientes do seu Luis.
Aloisio Guirra
Coxim MS
 
Aloisio Guirra em 18/07/2012 09:58:50

eu conheço o frango gordo desde a infancia lugar que eu adoro de comprar um frango assado, ali passava muitas comitivas de boiadeiros, inclusive meu avõ passava de comitiva por ali; e logico cominham um frango assado. e depois sequiam a comitiva....
 
luiz carlos em 18/07/2012 09:13:46
O vinho também é show de bola, vale a pena conferir.
 
Julio Martini em 18/07/2012 09:01:52
O Frango Gordo faz parte da minha história. Lembro quando ia com meu saudoso pai comprar lá perto de casa. Nunca soube nome, apenas que era o Vô do Frango Gordo.
O melhor frango assado com certeza. Além da marmitex simples porém com gostinho de quero mais.
 
Marilia Negrisolli em 18/07/2012 08:44:03
É isso aí...Sr. Luis!...orgulho de ser campograndense...
 
Marily Montanheri em 18/07/2012 08:18:33
Que saudades do tempo que meu pai(mecânico de refrigeração) arrumava os frezzeres do Seu Luis, e digo mais, não só a história da guerra, mais ele tem uma relação grande com a dupla Milionário e José Rico.
 
maximiliano wruck em 18/07/2012 08:15:59
Vejo esta matéria e me recordo da infância. Seu Luis, como sempre, simpático.
Tenho 33 anos de testemunho da sua percistência e competência. Parabéns pela matéria....
 
Alexandre Rosa em 18/07/2012 06:41:55
Seo Luiz estou com saudades... morava no Recanto dos Pássaros e fui sua cliente durantes anos... Não tem frango melhor na cidade, quiçá no estado, vai ver!... Mudei pra outras bandas... Apareço qualquer hora...
 
Naara Germano em 18/07/2012 05:55:00

excelente materia conheco eles a muitos anos tanto o sr luiz como a filha dele
que sao excelente pessoas o frango realmente e o melhor de campo grande
excelente materia do campo grande news sou leitor diario.

 
ademir soares de rosa em 18/07/2012 05:48:49
Eta Seu Luís, que maravilha! Sou cliente desde de 1987, amo aquele lugar, já devo ter comprado mais 1 milhão de frangos.

Espero muito que a sua família continue a frente do Frango gordo, e faça dele um patrimônio dessa cidade.

Grande Abraço
 
Bruno Fernandes em 18/07/2012 05:26:40
Não existe frango temperado como do Sr. Luiz.
É a simplicidade, honestidade e acima de tudo e a dedicação dele para com os clientes que seu comércio permanece assim simples, mas com seu estilo próprio.
Parabéns senhor Luiz e lamentamos pela sua esposa.
Mas vida continua e seu frango não pode parar.
 
Adelina Barbosa em 18/07/2012 05:09:12
Passo na frente do estabelecimento há 15 anos e nunca imaginei que fosse pioneiro.
Tenho achado legal essas matérias do Lado-B sobre as figuras que fazem parte da história de Campo Grande (e Estado, afinal tem outros personagens já retratados).

Curti! ;)
 
Eder Lima em 18/07/2012 04:54:03
EITA QUE ESSE FRANGO GORDO É ANTIGO... É UMA DELICIAAAAAAAA MUITO BOM ...ESSE SEU LUIS É MEU MARRENTO MAIS BOM COMERCIANTE
N DA UM DESCONTO DE 0,10 ELE DEVIA SER MAIS AGRADAVEL COM OS CLIENTES PARECE QUE VIVE DE MAL COM AVIDA KKKKKKKKKK
 
EDELAINE SILVA em 18/07/2012 04:34:18
O MELHOR FRANGO DE CAMPO GRANDE,VALE A PENA EXPERIMENTAR.....
 
FLAVIO LUIZ GUIMARAES AVILA em 18/07/2012 04:17:52
ótima matéria, e uma familia que sempre primou pelo trabalho e seriedade. a Origem conta muito.
 
Clovis Miguel em 18/07/2012 04:17:05
"Na linha de frente, servindo o frango com a farofa, o senhorzinho fica só, uma das poucas diferenças que a vida provocou" .... texto com estilo a gente reconhece assim , quando a simplicidade nos toca .... eita Ângela Kempfer ....
 
Denise Dal Farra em 18/07/2012 03:58:17
Amei essa matéria...Parece até vendas do interior, onde as pessoas se encontram e nem veem as horas passarem...Parabéns e felicidades ao seu Luis...Qualquer dia desses apareço lá para conhecer essa figurinha de gente boa!!!!
 
Clarice Domingues Branco em 18/07/2012 03:50:37
Parabéns para o seu Luís, que desde pequeno o conheço, gente boa, honesta e com um frango assado e uma farofa temperada, excelentes acompanhamentos no almoço de um sábado juntamente com o ótimo vinho que ali é comercializado.
 
Roberto Domingos em 18/07/2012 03:40:38
conheço desde qdo cheguei em 1986 a Cpo Gde, não sei comprar frango assado em outro lugar., o Sr. Luís é isso e mais um pouco, gente correta e que nosso municipio deveria se orgulhar, parabens pela reportagem.
 
Maurício Lourenço Ferreira em 18/07/2012 03:39:13
Quem tem competência permanece.
 
paulo alfredo em 18/07/2012 03:20:07
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.