A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

26/02/2016 06:23

Casal cria delivery de arroz carreteiro, com saladinhas e Feijão Boiadeiro

Adriano Fernandes
O Carreteiro Express é entregue onde o cliente quiser, acompanhado de feijão, purê e até escondidinho. (Foto: Fernando Antunes)O Carreteiro Express é entregue onde o cliente quiser, acompanhado de feijão, purê e até escondidinho. (Foto: Fernando Antunes)

O casal Vicente de Paula Gomes Junior, de 50 anos, e Solange Saavedra Gomes, de 49, transformou o sabor que a cara de Mato Grosso do Sul em fast food. Colocaram em caixinhas o Carreteiro Express, um delivery com direito a feijão boiadeiro, saladinha ou purê de mandioca.

Veja Mais
Manga Park comemora 1 ano com descontos, música ao vivo e atrações para crianças
Bar serve comida alemã e cliente ainda pode conhecer fábrica de cerveja

Júnior, como é mais conhecido, conta que a ideia surgiu por acaso, em julho do ano passado.

Antes disso, eles moravam em Bonito. Decidiram vir de mudança para para Campo Grande por causa do estudo dos filhos já marmanjos. “Em Bonito nós tínhamos uma empresa de turismo, mas decidimos nos mudar para cá para acompanhar nossos filhos que estavam na faculdade”, comenta.

Com a mudança de ares, Junior foi trabalhar em empresa de telefonia e Solange se dedicou ao oficio de técnica de enfermagem, mas sempre com a vontade de abrir um novo negócio.

Trabalhar com alimentação, até então não era um projeto para o casal. Mas a inspiração surgiu durante um dos muitos almoços em família e graças ao prato, que sempre foi a especialidade da esposa. O dia exato do banquete ele se lembra até hoje: era 5 de julho.

Na caixinha de comida chinesa, o que vem dentro é o arroz carreteiro. (Foto: Fernando Antunes)Na caixinha de comida chinesa, o que vem dentro é o arroz carreteiro. (Foto: Fernando Antunes)
As opções de saladas são a Vinagrete ou a Campeira, de legumes cozidos. (Foto: Fernando Antunes)As opções de saladas são a Vinagrete ou a "Campeira", de legumes cozidos. (Foto: Fernando Antunes)

“O carreteiro que ela fez aquele dia estava muito gostoso que eu cheguei a brincar que era bom demais para ficar só entre a família. Que todo mundo tinha que experimentar”, ri. Foi quando um dos três filhos do casal sugeriu a ideia de fazer o carreteiro para vender.

“Mas nós não queríamos montar um restaurante, devido aos custos, o trabalho de manutenção e limpeza da estrutura”, justifica. Naquele mesmo dia, eles chegaram à conclusão de que um carreteiro a pronta entrega poderia ser a ideia mais original e prática.

“Quase que imediatamente eu comecei a procurar na internet as caixinhas, semelhantes as que são usadas para armazenar comida chinesa. Em pouco mais de dez dias já começamos a distribuir para outros familiares e amigos, para fazer os primeiros testes”, comenta.

De lá para cá o negócio foi crescendo e, aos poucos, ganhando a aceitação dos funcionários de empresas e escritórios onde Júnior entrega o seu “Carreteiro Delivery”. Contra qualquer especulação sobre a procedência do prato que geralmente é feito do que restou do churrasco de domingo, Junior garante: “Todos os produtos são fresquinhos. A carne é de primeira e o feijão e os legumes são todos de melhor procedência”, afirma. Quem ainda comanda o fogão é Solange, mas agora ela tem o marido como auxiliar.

Os pedidos são feitos pela manhã, por telefone e Whatsapp e no horário de almoço as caixinhas são entregues. O arroz carreteiro segue o preparo tradicional, feito com carne, temperado com alho, cebola e cheiro verde, para preservar o gostinho pantaneiro.

O Lado B provou ! O escondidinho de frango desfiado com abóbora cabotiá é uma das delícias do Carreteiro Express. (Foto: Fernando Antunes)O Lado B provou ! O escondidinho de frango desfiado com abóbora cabotiá é uma das delícias do Carreteiro Express. (Foto: Fernando Antunes)

São duas as quantidades oferecidas nas caixinhas, de 400 ou 700 gramas e os acompanhamentos são o vinagrete ou a salada "campeira”, que é feita com batatinha, cenoura e ervilha.

Nessas duas opções simples, a caixinha de 400 gramas custa R$ 12,90 e a de 700 gramas sai por R$ 14,90 e serve até duas pessoas. Mas a variedade não para por ai. Quem quiser, pode pedir também o carreteiro acompanhado com "Feijão Boiadeiro” que é temperado com muito bacon e calabresa.

Outra opção de acompanhamento é o “creme mani”, que é um tipo de purê de mandioca em pedaços, com queijo derretido. As duas versões também são acompanhadas de salada Vinagrete ou Campeira. A de 400 gramas com "Feijão Boiadeiro”, custa R$ 13,90 e a de 700 gramas vale R$ 16,90. Quanto ao carreteiro com “creme mani”, o preço é R$ 15,90 a caixinha menor e R$ 17,90 a grande.

Além do carreteiro, Junior também entrega três opções de pavês e quatros sabores de escondidinho.

As sobremesas tem 250 gramas e são vendidas por R$ 8,50 cada uma, nos sabores de limão, tradicional e recheado com bombom, Sonho de Valsa.

Os escondidinhos também são vendidos em embalagens de 250 gramas, com valores entre R$ 17,90 e R$ 22,50. Além das opções tradicionais, a carne seca ou o frango desfiados também tem versões super cremosas, com abóbora cabotia.

A entrega do Carreteiro Express na região central e nas proximidades do bairro São Conrado é gratuita. Para entrega em outras regiões da cidade, o valor da taxa é de R$ 2,00.

Os pedidos podem ser feitos pelo número 3014-0168 ou pelo Whatsapp 8170-8035, de segunda à sexta-feira, somente no horário de almoço.

Confira outros sabores da cidade no Guia Gastronômico do Lado B. 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.