A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

10/12/2015 06:45

Chef italiano, craque no artesanal, traz queijos premiados a Campo Grande

Naiane Mesquita
O queijo foi o grande ingrediente da noite, aparecendo em todos os pratos, do principal a sobremesa (Foto: Gerson Walber)O queijo foi o grande ingrediente da noite, aparecendo em todos os pratos, do principal a sobremesa (Foto: Gerson Walber)

O chef italiano Stefano Pollaccia recebeu duas medalhas, de prata e de ouro, da revista especializada em gastronomia Prazeres da Mesa pela fabricação de queijos artesanais em Cuiabá. Morando na capital de Mato Grosso há mais de 2 anos, Stefano esteve pela primeira vez em Campo Grande promovendo um jantar sensorial no ateliê da culinarista Dedê Cesco, com a presença do também chef André Nardo, nas noites de terça e quarta-feira.

Veja Mais
Ex-gerente de fast food vende Nakedtone, além de pizza que é jantar e sobremesa
Com ingrediente mais importante, chef reúne alunos com down para ensinar ceviche

Queijo é maturado em 35 dias em produção em Cuiabá (Foto: Gerson Walber)Queijo é maturado em 35 dias em produção em Cuiabá (Foto: Gerson Walber)

Stefano trouxe cinco queijos produzidos em Cuiabá para o jantar, o Béc Il Delicato, Braz Matogrossense Fresco, Strac Casale, que recebeu a medalha de prata, Braz Matogrossense Mezzano, que recebeu a medalha de ouro e o Cacio dei Monaci Di Bufala. “Todos são produzidos em Cuiabá, por mim. São queijos de vaca, cabra, búfala e estou em busca de um de ovelha”, descreve.

O interesse pela cozinha surgiu aos 18 anos, ainda na Itália. O sotaque ainda carregado do italiano mostra que apesar do convívio com os brasileiros, ainda guarda muitas tradições no cotidiano, principalmente na cozinha. No jantar realizado ao lado dos chefs campo-grandenses, Stefano diz que todos os sentidos são explorados. “O olfato, a textura, o sabor, todos os sentidos”, ressalta.

Dedê Cesco, Stefano e André planejam novos jantares sensoriais Dedê Cesco, Stefano e André planejam novos jantares sensoriais

Dedê Cesco ressalta que os queijos ainda são harmonizados com vinhos italianos e franceses. “É o despertar dos sentidos, os queijos são harmonizados com os vinhos e isso amplia os sabores, os sentidos de quem participa. Nós orientamos quem está na degustação. Hoje foi servido um Risoto de Queijo Stracc com figos caramelizados e de sobremesa um Sbrisolona”, explica.

Apesar da variedade de sabores do jantar sensorial e dos queijos produzidos por Stefano, o chef frisa que os produtos estão longe da quantidade italiana. “Temos de 400 a 500 tipos de queijo”, afirma.

O propósito do chef é aumentar ainda mais a produção e a variedade de queijos produzidos no País. “Comecei a fabricar queijos por causa da falta de opções no Brasil”, conta.

Para o futuro, Dedê Cesco, André Nardo e Stefano pretendem realizar mais experiências na Capital. “Já estamos pensando no próximo encontro. Com certeza teremos novidades e outros produtos para apresentar”, acredita André.

Queijos premiados do chef Queijos premiados do chef



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.