A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

07/04/2014 06:37

Com 23 tipos, novidade gaúcha na rua Bom Pastor é "rodízio de bifes"

Anny Malagolini
Bife coberto com queijo Cheddar. Bife coberto com queijo Cheddar.

Em uma das ruas mais gastronômicas da cidade, a Bom Pastor, a novidade é o rodízio de bifes. A gente nem imagina que exista tantas possibilidades, mas o cardápio tem 23 versões. Assim como em uma pizzaria o cliente paga o valor único de R$ 25,00 e pode comer a vontade.

Veja Mais
Aproveitando época da guavira, chef ensina petit gâteou e brownie da fruta
Hamburgueria K Burguer traz deliciosas novidades

Os sabores não são apenas os tradicionais acebolado, à milanesa, à parmegiana ou a cavalo. Também estão no cardápio o de Strogonoff com batata palha, o de omelete, de queijo de vários tipos e de bacon.

Para os bifes são usados coxão mole, filé de frango e bisteca suína ou bovina. As mais nobres, como filé mignon e picanha só são servidas para viagem, por R$ 23,00 a porção. Em ambos os casos, são servidos como acompanhamentos arroz, vinagrete, mandioca, queijo e polenta frita.

O restaurante se chama “Tchê Bifes”. Pelo nome, já da para notar que é coisa de gaúcho. E a boa fama do sul se confirma, pelo menos na passagem do Lado B pelo restaurante. 

Aberto há 20 dias, Albino Miotto, de 46 anos, e o amigo Carlos Lucca, deixaram Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul e apostaram o que tinham na capital sul-mato-grossense.

Albino ensina o segredo: o ponto. “Deixar demais no fogo vai torrar e tirar o sabor”. Ele conta que Carlos conhecia a cidade e percebeu que o mercado gastronômico está em crescimento, então sugeriu trazer o rodízio de bifes, que já existe no sul.

Mesmo assim, para saber o que o campo-grandense gosta de comer, os sócios rodaram bares, restaurantes e lanchonetes da Capital. Segundo Albino, para a surpresa deles, a mandioca, que no sul é servida como acompanhamento esporádico, aqui é obrigatória, cultural. “Comia uma vez por mês, me assustei com a quantidade da mandioca comida aqui”, comenta Albino.

Clientela - Paulo Gonçalves, de 26 anos, gostou tanto do rodízio que foi dois dias seguidos e ainda levou mais duas pessoas junto para experimentar. “Achei a carne suculenta e o preço é acessível. Acho que o espaço vai ficar pequeno”, elogia.

A vendedora Cátia Carla Caliani, de 45 anos, foi uma das convidadas de Paulo e se surpreendeu com os variados tipos de bifes: “O de Strogonoff é o mais diferente, é carne com carne”, comenta.

O restaurante fica no número 165 da rua Bom Pastor, no bairro Vilas Boas. Ele funciona todos os dias, a partir das 19 horas.

 

Carlos é o dono das receitas dos bifes...Carlos é o dono das receitas dos bifes...
E Albino ajuda a servir o rodízio.E Albino ajuda a servir o rodízio.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.