A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

11/06/2012 12:10

Com 60 rótulos de cerveja, loja prega “beba menos, beba melhor”

Fabiano Arruda
Proprietários da Casa do Chef discursam pela degustação das cervejas e a combinação com a gastronomia. (Foto: Rodrigo Pazinato)Proprietários da Casa do Chef discursam pela degustação das cervejas e a combinação com a gastronomia. (Foto: Rodrigo Pazinato)

De paixão nacional ao status de produto para degustação, a diversidade dos estilos de cerveja começa a ganhar corpo e ser opção para os campo-grandenses.

Veja Mais
Imposto sobre cervejas e refrigerantes será reajustado ao menos uma vez por ano
WWF Brasil diz que campo-grandense gosta de carne, cerveja e ar-condicionado

A Casa do Chef, que fica na Euclides da Cunha, trabalha com uma carta de 60 rótulos para agradar os mais exigentes paladares e prega beber menos, mas beber melhor, quebrando a mística de que só vinho pode ser degustado.

Tanto que a orientação para degustar a cerveja é a mesma: o movimento no copo para liberar o aroma da bebida, o primeiro gosto que fica na língua e um segundo que é o final.

Segundo os irmãos Renan e Renato Heimbach, proprietários da loja, a maioria dos consumidores brasileiros conhecem apenas as cervejas pilsen. “Mas o mercado começou a mudar. As cervejas diferentes começaram a ser encontradas até nas prateleiras de supermercados”, diz Renan, afirmando que a maior parte dos clientes vai até a loja para experimentar novos estilos.

Com preços que variam de R$ 5 a R$ 63, o estabelecimento criou um clube em que o cliente paga uma taxa mensal e recebe todo mês um kit com uma cerveja para apreciação.

Cerveja alemã é apontada como uma das mais vendidas do mundo.Cerveja alemã é apontada como uma das mais vendidas do mundo.

Esta é uma das formas de aproximar o consumidor de estilos pouco conhecidos. A partir de provar, os clientes passam a comprar sem se importar tanto com o preço. “O clube aumentou as vendas das cervejas mais caras”, comenta Renato.

Além disto, os jovens proprietários da Casa do Chef destacam o “casamento” entre cerveja e gastronomia. “Cada bebida tem um tipo de comida recomendado”, complementa.

Trabalhando com os estilos de cerveja alemão, inglês e belga, os irmãos explicam sobre os diferenciais de cada uma e dizem que é preciso cada consumidor identificar o sabor mais agradável ao seu paladar.

A alemã é a mais tradicional no mundo pela lei da pureza, fabricada com água, malte, lúpulo e cevada. Em Munique há até a cervejaria municipal. As inglesas, por sua vez, são mais encorpadas, fortes e amargas. Já as belgas têm como diferenciais a utilização de tempero e o tom adocicado.

Mas as brasileiras são os carros chefes da loja, garantem, citando como exemplo a cerveja Moagem, de fabricação artesanal, feita em Campo Grande.

De fabricação artesanal e produzida em Campo Grande, Moagem segue estilo belga e cai no gosto dos apreciadores.De fabricação artesanal e produzida em Campo Grande, Moagem segue estilo belga e cai no gosto dos apreciadores.

Passada a aula sobre os estilos, a loja ofereceu uma degustação de quatro cervejas de gostos totalmente diferentes para a reportagem do Campo Grande News. A parte mais interessante do trabalho, vale destacar. Todas fogem do gosto convencional da cerveja tanto amado pelos brasileiros, mas servem como atrativos os apaixonados por desbravar sabores.

Karavelle Keller: - Cerveja pilsen, não é filtrada e tem tempo de maturação maior, deixando-a mais encorpada e até uma um aspecto de “sujeira” no fundo da garrafa.

Bamberg Alt: - Cerveja brasileira que ganhou prêmios na Europa. Segue a escola alemã e é mais maltada, tendo como uma das características o cheiro de cereal e a mistura de amargor, acidez e doce.

Köstriber: - É apontada como uma das cervejas mais vendidas no mundo. Fabricada apenas na Alemanha, é até difícil de encontrar no Brasil. Cerveja preta, mistura os sabores de café e chocolate.

Moagem Dubbel: - Cerveja de fabricação artesanal e produzida em Campo Grande, é apontada como um dos principais destaques da loja. Tem 11 sabores e segue o estilo belga. A cor é marrom e o gosto é mais complexo de identificar, por conta dos temperos, mas é possível sentir tons de acidez e doce.

Imposto sobre cervejas e refrigerantes será reajustado ao menos uma vez por ano
A correção dos impostos sobre as chamadas bebidas frias - cerveja, refrigerante e água mineral - ocorrerá pelo menos uma vez por ano, disse hoje (22)...
MS é o terceiro maior consumidor de cerveja do país
Mato Grosso do Sul é o terceiro maior consumidor de cerveja e chope no país. Os dados do Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja são relativos a 2...



Fiquei encantada com a reportagem, ainda mais por saber quem são os proprietários da loja, desejo aos meninos muito sucesso, com certeza eu e meu marido iremos lá prestigiar. Apreciamos uma boa cerveja sempre!
 
Tânia Moreira Arantes em 21/11/2012 20:54:20
Ai penna vc que gosta de apreciar o gosto da cevada, vai aí uma boa dica.
 
Marcus Penna em 12/06/2012 10:06:04
Ai Fabiano vc que gosta de apreciar, vai uma boa dica.
 
Fabiano Cappi em 12/06/2012 10:04:45
E tanto os Apóstolos como outros doutores da Igreja não condenavam a bebida, que não é má em si mesma, mas a embriaguez, esta sim um vício atentatório à ordem enquanto tira do homem o uso da razão querida por Deus. Ao contrário das drogas, a cerveja, quando bebida em quantidades controladas, não nos tira o uso da razão.
No mais, boa a iniciativa dos irmãos Heimbach, em breve apareço aí. Salut!
 
Marcel Ozuna em 11/06/2012 05:16:06
Bruno Nodes, permita-me usar de religião para defender a cerveja, rsrsrs...
No Salmo 103, Deus propicia matéria prima para o homem fabricar a bebida. Cristo bebia, tanto que nas bodas de Caná fez o milagre de transformar água em vinho - o melhor vinho da festa, até então não servido. Tem também um belo significado espiritual esse milagre envolvendo o vinho, só não explico aqui por falta de espaço.
 
Marcel Ozuna em 11/06/2012 05:08:19
E já que nosso Amigo Paulo Donato já indicou a Moagem, eu vou indicar a Belga La Trappe. Excelente cerveja de Monastério. E não posso deixar de relatar aqui, o excelente atendimento na loja. Parabéns!!
 
Rodrigo Gordin em 11/06/2012 04:08:26
Boa reportagem. Conheço a loja e faço parte do Clube. Indico. Para quem gosta de algo mais exclusivo, ou simplesmente para quem quer conhecer algo "novo", vale a pena passar por lá e experimentar algo de muita qualidade. Sejam elas belgas, alemãs, inglesas ou brasileiras, loiras ou morenas, a oferta da Casa do Chef é de extrema qualidade. Confiram.....
 
Rodrigo Gordin em 11/06/2012 04:06:38
Neusa a loja é a Casa do chef e fica na R: Euclides da cunha, entre a Bahia e a Rio Grande do Sul. Sou cliente da loja, apesar de não beber, mas essa loja tem tbm muitas opções de presentes masculinos e tbm na área de gastronomia, além de bom atendimento.
 
Leilane Sá Jacques em 11/06/2012 02:59:13
Ola Neusa Batista,

A Casa do Chef na Euclides da Cunha, 360 - Entre Rio Grande do Sul e Bahia
 
Renan Heimbach em 11/06/2012 02:58:12
Parabéns aos irmãos Heimbach!
Quem não conhece, não sabe o que está perdendo.
Cervejas absurdamente deliciosas para todos os paladares.
Com destaque especial para a MoageM, cerveja artesanal aqui na nossa terra, que bate de frente com as melhores do mundo.
Siga essa filosofia: beba menos, beba melhor!
 
Paulo Donato em 11/06/2012 02:52:47
Por favor Sr. Pedro Braga, vá pregar lá na sua igreja. Mas sem vinho ok!.

Excelente reportagem. Beber com moderação sempre e com qualidade.
 
Bruno Nodes em 11/06/2012 02:45:44
CONSELHO DE DEUS, NÃO BEBA NADA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS, CORTE O VÍCIO DAS DROGAS LÍCITAS, CIGARROS, POIS SÃO ELES A PORTA PARA AS OUTRAS DROGAS, A PRIMEIRA É ABERTURA DO DIABO NO SEU CORPO, POIS PINGA, CIGARROS, DIVÓRCIO, ARMAS, RAIVA, ÓDIO, SÃO DIABÓLICAS, EVITEM TODAS É MELHOR, E DEUS LHE AJUDARÁ A VIVER, SADIO, TRANQUILO, COM SAÚDE, INTELIGÊNCIA E SABEDORIA, QUE DEUS ABENÇOE.
 
pedro braga em 11/06/2012 02:05:04
As cervejas Belgas, na minha opinião, são as melhores. Naquele pais tem centenas de cervejarias artesanais. O "Dubbel", que é feito por varios deles, é cerveja de dupla fermentação (dubbel=dupla, duas vezes), enquanto ainda existe o "tripel" (=triplo). Ainda mais, la tem umas cervejas deliciosas de trigo, como o Hoegaarden, maravilhosa com um pedaço de limão. Bom saber que alguem aqui reproduz!
 
Marcos da Silva em 11/06/2012 02:01:24
Estas reportagens nos deixam sempre com vontade de conhecer o lugar mencionado, porem nao constam dados tais como nome do estabelecimento endereço ou fone . daí fica dificil. Vai ai a sugestão.
 
Neusa batista em 11/06/2012 01:48:41
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.