A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

24/09/2015 06:45

Em ateliê charmoso, amigas mostram culinária do Brasil, Suíça e Portugal

Naiane Mesquita
As quiches de tamanhos e sabores variados serão o carro-chefe da casa (Fotos: Fernando Antunes)As quiches de tamanhos e sabores variados serão o carro-chefe da casa (Fotos: Fernando Antunes)

Três chefs, três culturas. No Le Petit Gourmet, Portugal, Brasil e Suiça estão reunidos e muito bem representados por quitutes que vão do salgado até o doce mais fino. Aberto como ateliê gastronômico há poucos meses, o espaço vai receber clientes a partir de domingo (27) com quiches, pastéis de nata e até tortas de maças que mais parecem sair de filmes, cada um com seu sabor especial.

Veja Mais
Hamburgueria K Burguer traz deliciosas novidades
Com kibe cru, sushi árabe tem recheios tradicionais e coalhada ao invés de shoyu

Workshops são realizados para todo o tipo de público no espaçoWorkshops são realizados para todo o tipo de público no espaço

A ideia de montar o espaço partiu de duas irmãs, Fernanda e Juliana Veiga. “O ateliê era um espaço de outra chef, que fazia cursos e workshops aqui, mas por questões pessoais ela acabou me contando que iria se desfazer da cozinha. Eu que fui apaixonada pelo local desde que pisei a primeira vez, disse na hora que queria”, conta Fernanda, que mora em Campo Grande e é formada em gastronomia por uma escola de Curitiba.

Quando ela iniciou os trabalhos no local foi com o buffet de finger food, aperitivos pequenos e charmosos, que Fernanda mantinha a algum tempo. “Atendia eventos, com um conceito de transformar os pratos em mini porções para os clientes”, ressalta.

Logo em seguida foram iniciados os primeiros workshops e cursos, em que Juliana, que ainda mora na Suíça chegou a participar. Para completar o trio, a tia das duas, Lourdes se juntou as sobrinhas com a experiência de 15 anos em gastronomia vivenciada em Portugal. “É ela que traz alguns doces portugueses para o ateliê, como o pastel de nata, os famosos de belém”, explica Fernanda.

 

Casquinhas de laranja doces são macias e sem nenhum sinal de amargo Casquinhas de laranja doces são macias e sem nenhum sinal de amargo

A irmã, Juliana, também morou em Portugal nove anos, mas nessa época ela era dedicada a área de gestão. “Fiz minha faculdade e meu mestrado em Portugal. Quando estava no mestrado, veio o amor, conhecei meu marido e um tempo depois engravidei. Sempre fui apaixonada por doces, uma coisa que eu aprendi em casa, com a nossa mãe, mas nunca tinha seguido isso como profissão”, relembra a chef.

O amor pela gastronomia, com especial apreço pelos doces, surgiu quando ela se mudou com o marido para a Suíça. A sogra que também é chef, tem uma escola de gastronomia e em meio as descobertas da gravidez, surgiu o amor pela culinária.

“Faz dois anos e meio que estou morando lá e aconteceu tudo isso. Um dos diferenciais do meu trabalho é o pão de mel e o bem casado. No pão de mel nós usamos outras especiarias, aqui no Brasil é mais a canela”, explica.

Risoto de funghi é servido em panelinhas estilosas para eventos finger foodRisoto de funghi é servido em panelinhas estilosas para eventos finger food
Esse aperitivo leva um molho pesto diferente, com base na rúcula, mais um exemplo de finger foodEsse aperitivo leva um molho pesto diferente, com base na rúcula, mais um exemplo de finger food

Além dos workshops, ontem mesmo Juliana ensinou algumas receitas suíças para pacientes que estão em tratamento com câncer, de forma voluntária, o espaço abre a partir da semana que vem com quiches e doces portugueses e suíços. 

“Nosso carro-chefe serão os quiches. No domingo, abriremos especialmente com a Feirinha Gourmet, onde venderemos como home made, ou seja, a pessoa leva para casa os produtos. Teremos uma boa base para o público do que venderemos aqui”, explica Juliana.

Entre os exemplos estão as quiches. Uma pequena custará em média R$ 3,90, enquanto uma tamanho grande sairá por R$ 39,90. Os recheios são os mais tradicionais como bacon e frango, com opções mais sofisticadas também. “Vamos ter cappuccino para levar, que é uma receita nossa, casquinha de laranja, bolo, tortas, tudo a pronta entrega”, indica.

O ateliê ainda tem uma decoração minimalista, mas que encanta de longeO ateliê ainda tem uma decoração minimalista, mas que encanta de longe

Quem conhecer o espaço e se apaixonar por ele pode ainda fazer uma festa no espaço. “É uma tendência que eu trouxe da Suíça. Você pode alugar o espaço e o nosso trabalho. É só escolher um menu, seja mexicano ou até regional, e ainda coloca a mão na massa. Tem a opção de ser servido ou de aprender. Às vezes você aluga para um aniversário, por exemplo, com 20 amigas, mas quer que elas façam também, participem do menu, entra todo mundo na cozinha, vira uma coisa diferente”, explica Juliana. 

Nesse caso, o preço varia de R$ 40 a R$ 80, dependendo do menu escolhido.

O Le Petit Gourmet fica na rua Barão do Rio Branco, 2180, Centro, próximo ao Belmar Fidalgo. Informações pelo telefone (67) 9964-4696 ou (67) 9949-7373.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.