A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

08/08/2013 23:45

Festival do Sobá começa lotado, mas o prato mais pedido é o "espetinho"

Anny Malagolini
Público lotou restaurantes na Feira Central.Público lotou restaurantes na Feira Central.

O primeiro dia do 8º Festival do Sobá, na Feira Central de Campo Grande, começou lotado, com dificuldade, inclusive, de estacionamento. Restaurantes foram disputados, com fila de espera por uma mesa.

Veja Mais
Batata de frigideira recheada é carro-chefe de truck que percorre feiras
Ex-gerente de fast food vende Nakedtone, além de pizza que é jantar e sobremesa

A programação vai além da gastronomia uqe já é símbolo da Capital. Nesta sexta-feira haverá apresentação da cozinha Show Sakura, das 18h às 20h30. No sábado, além do atendimento a partir das 18 horas, o Festival abrirá para o almoço, a partir das 11 horas.

No domingo, último dia de festival, tem o tradicional concurso do maior comilão de sobá, a partir das 18 horas. E para encerrar a programação, às 21 horas thaverá show com o grupo "Gaúchos da fronteira".

Mas por enquanto, o prato que leva o nome do evento não é o maior atrativo, e sim o espetinho. "Não deu vontade, sempre como", essa é a explicação da assistente administrativa Thaiz Barbosa, de 36 anos, que foi ao festival com os amigos, mas na hora de fazer o pedido optou pela carne.

Também tem aqueles que não conhecem o prato e mesmo com propaganda não querem o sobá de jeito nenhum. O "brasiguaio" Wilson Soria, de 24 anos, veio a Capital fazer uma consulta médica e na hora de olhar o cardápio pediu carne na chapa. "Nunca tinha ouvido falar em sobá. Achei estranho e fiquei com medo desse tempero me fazer mal".

Em outra mesa o lanche comum em fast-food, batata frita, foi a escolha da Fabiana Teixeira, de 31 anos e Wellington Jeremias, de 18 anos.

O espetinho também foi a opção do casal Paulo César de Souza, de 48 anos, e da esposa, Aramilda dos Santos Souza, de 47. Quem apresentou o prato a Aramilda foi o esposo. Ela é de Ponta Porã e não conhecia o sobá. Mas hoje, os papeis se inverteram, e a escolha do jantar passou longe da culinária japonesa por escolha de Paulo. "Não sou muito chegado".

Ele conta que todo ano leva a esposa ao festival, mas em 2013 não teve jeito, o sobá ficou para escanteio apenas por gosto.

Para a feirante, Maria Inês Oshiro, de 39 anos, os pedidos de sobá foram bem menores do que se esperava para um festival do prato. Para ela, o que faltou foi propaganda, "Tem que divulgar, fazer as pessoas que ainda não conhecem comer o sobá, vieram só pelo show", reclama. No primeiro dia, a apresentação especial da noite foi da banda RPM.

Para animar a clientela, além do tradicional sobá com carne bovina ou suína, durante o evento há novas versões, com file de peixe e vegetariano.

Para sair da mesmice do sobá, amigos pediram picanha na chapa (Foto: Cleber Gelio)Para sair da "mesmice" do sobá, amigos pediram picanha na chapa (Foto: Cleber Gelio)
Com medo do tempero do sobá, Wilson pediu carne (Foto: Cleber Gelio)Com medo do tempero do sobá, Wilson pediu carne (Foto: Cleber Gelio)
Batata frita foi a escolha de jantar para Fabiana e Wellington (Foto: Cleber Gelio)Batata frita foi a escolha de jantar para Fabiana e Wellington (Foto: Cleber Gelio)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.