A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

22/04/2014 06:51

Lanchonete aboliu sanduíche com bacon, mas criou creme para ninguém reclamar

Anny Malagolini
Lanche se chama Mata fome e custa R$ 13,00. (Foto: Marcelo Victor)Lanche se chama "Mata fome" e custa R$ 13,00. (Foto: Marcelo Victor)

Pra quem gosta, o bacon é ingrediente essencial na hora de comer um lanche, mas na lanchonete “Chico Burguer’s”, na rua 13 de Junho, 1.045, não tem nada derivado da carne suína no cardápio. É o molho de alho o sabor principal dos pratos oferecidos na casa.

Veja Mais
Manga Park comemora 1 ano com descontos, música ao vivo e atrações para crianças
Bar serve comida alemã e cliente ainda pode conhecer fábrica de cerveja

Edna dos Santos de Oliveira e o marido são adventistas. Pela religião, eles tiraram a carne suína do menu, um risco diante do fascínio de quem gosta de um sanduíche recheado de gordura. Para que os clientes não sentissem a falta dos embutidos como bacon e calabresa, o jeito foi inventar algo diferente para se comer com os lanches. Surgiu então o molho, a propaganda da lanchonete hoje em dia. 

A proprietária garante que foi a primeira a oferecer o creme de alho para acompanhar sanduíche na cidade, isso em 1991. “Agora é comum oferecer isso, mas fui eu quem criou”, assegura.

No cardápio, a salsicha resistiu, mas feita de frango, e ao invés de presunto é usado peito de chester. Alguns dos sanduíches nem sequer levam hambúrguer. O “Light”, por exemplo, leva no recheio apenas abacaxi, mussarela e alface. Apesar de ser nutricionalmente mais correto nos tempos de busca pelo corpão, o valor não vai ás alturas, custa R$ 6,00.

Edna conta que muitos dos frequentadores são judeus, que também não comem carne de origem suína, e a casa se tornou a opção certa.

Pedidos para que os lanches tenham bacon são comuns, mas quem come diz que não faz falta. “Eu venho aqui sempre, o molho é o melhor da cidade”, diz a auxiliar administrava Estela Nilce, de 25 anos.

Pedro Henrique, de 21 anos é outro que virou cliente pelo molho. “Eu achava estranho não ter lanche com bacon, mas aí eu provei o molho e adotei os lanches daqui”.

“O segredo é comer” é a resposta já na ponta da língua, dada aos clientes que perguntam a Edna o segredo do molho.

Apesar dos pedidos para que ela venda o molho à parte, ela diz que prefere manter a tradição de servir o condimento apenas na entrega dos lanches, já que os molhos não têm conservantes e a validade é de apenas um dia.

Edna é criou a receita de molho de alho da lanchonete (Foto: Marcelo Victor)Edna é criou a receita de molho de alho da lanchonete (Foto: Marcelo Victor)



Eu nao entendo em que momento eles estao colocando qualquer coisa "guela abaixo", a nao ser um delicioso sanduiche, bem temperado com seu molhinho unico e tradicional ! PELO AMOR GENTE, tudo que alguem faz diferente de voces é fanatismo religoso? Tenha dó! Ninguem é obrigado a ir comer lá, se para voce derivados de porco é algo INDISPENSAVEL, vá comer em outro lugar. Simples assim... A reportagem foi para mostrar uma opçao DIFERENTE, para quem QUISER, ir conhecer. SÓ isso! Nao tem dificuldade nisso! Nao tem problema nenhum! Vamos respeitar as diferenças... ninguem esta obrigando ninguem a nada, opções existem aos montes.. *Diversidade, nao é? É só escolher o que mais combina "com voce".
 
Helen F. Souza em 24/04/2014 00:17:28
FICO IMPRESSIONADO COM O FANATISMO DAS PESSOAS. O QUE UM CLIENTE COMUM, QUE QUER COMER UM LANCHE COM CARNE PORCO, TEM A VER COM A CRENÇA DELES? É INACREDITAVEL ISSO. O EVANGELICO QUER POR GUELA ABAIXO A RELIGIAO, MESMO QUE NAO SEJA A DELES.
O CLIENTE COME O QUE ELE QUISER, OFEREÇA A ELE A ESCOLHA. É COMO VC VAI EM LOJAS E O SOM AMBIENTE É MUSICA ARABE, MUSICA GOSPEL, ETC.. NO DEIXE O FANATISMO CONTAMINAR ....
 
LUCIANO MARQUES em 22/04/2014 16:40:08
Parabéns ao casal! Deus recompensa a fidelidade.
 
JOSÉ DAVI XAVIER em 22/04/2014 11:51:42
Eu não vou nem de graça, o bacon é o néctar da vida!!!
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 22/04/2014 09:39:51
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.