A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

08/07/2015 06:12

Mini-chef ensina a fazer panqueca e ainda faz graça em vídeo ao virar a massa

Paula Maciulevicius
Tomás Arazini Garcia Nunes mora em Paranaíba e diz que adora cozinhar. (Foto: Arquivo Pessoal)Tomás Arazini Garcia Nunes mora em Paranaíba e diz que adora cozinhar. (Foto: Arquivo Pessoal)

Usando a ternura infantil como principal tempero, o mini-chef de cozinha Tomás, tem 8 anos e desde já a paixão pela culinária. Ao ensinar a fazer panqueca, ele comemora quando vê o resultado da massa na frigideira. Uma cena que desperta o melhor em quem assiste: de como o olhar de uma criança é capaz de mudar tudo, até uma simples receita de panqueca.

Veja Mais
Manga Park comemora 1 ano com descontos, música ao vivo e atrações para crianças
Bar serve comida alemã e cliente ainda pode conhecer fábrica de cerveja

Tomás Arazini Garcia Nunes mora em Paranaíba e diz que adora cozinhar, o que mais gostava, até então, era do bolo de pipoca. Mas isso foi antes de aprender a fazer panquecas. Sob a supervisão da mãe, ele se aventurou na semana passada a conduzir os ingredientes à frigideira. "Foi minha mãe que me ensinou", conta todo feliz com a conquista. 

Os ingredientes ele repassa vagarosamente, esperando quem ouve anotar letrinha por letrinha.

- 1 xícara e meia de farinha
- uma colher de chá de sal
- uma colher de sopa de açúcar
- três colheres de sopa de fermento
- um ovo
- uma xícara e meia de leite
- três colheres de manteiga derretida no microondas

Junto da mãe Lara, Tomás se mostra experiente cozinheiro. (Foto: Arquivo Pessoal)Junto da mãe Lara, Tomás se mostra experiente cozinheiro. (Foto: Arquivo Pessoal)

 "Aí você coloca tudo numa vasilha de vidro e mistura. Quando não sobrar nenhuma bolinha de farinha, aí está pronto", descreve.

Em seguida, Tomás explica que é preciso passar óleo na frigideira e ligar o fogo. "E vai colocando as conchas com a massa. Quando borbulhar, vira para o outro lado. Como que vira? Com a espátula ué", ensina.

"E para finalizar, quando tiver tudo pronto, é só colocar mel ou calda de chocolate", continua.

Pergunto então qual é a preferência dele, para si mesmo. "Mel. Por que? Mel é mais doce". Tal qual a doçura das palavras do menino.

Lara Arazini Garcia Nunes, a mãe do menino, acompanha a entrevista com os mesmos olhos de quem supervisiosa o filho no fogão. "Todo mundo aqui em casa gosta, minha mãe sempre cozinhou também. Para o Tomás foi natural, ele sempre me ajudava a fazer coisas, gosta de fazer massa de pizza, almôndegas, isso desde pequenininho", conta Lara.

Mini-chef, Tomás já tem roupinha de cozinheiro. (Foto: Arquivo Pessoal)Mini-chef, Tomás já tem roupinha de cozinheiro. (Foto: Arquivo Pessoal)

Aproveitando a onda do menino, de se interessar pela cozinha, Lara diz que sempre fez com ele o que mais para frente Tomás pudesse fazer sozinho. "No vídeo, foi a primeira vez que ele colocou a panqueca na frigideira e virou, por isso ele ficou tão empolgado, porque conseguiu virar tudo", explica a mãe.

O que a gente esqueceu de perguntar e Tomás também não disse, Lara responde. A receita acima dá para sete panquecas. "Ainda não fica perfeitinho, mas ele gosta tanto de fazer", brinca.

Quando perguntado o que Tomás quer ser quando crescer, ele responde mais do que depressa "cozinheiro"! Pergunto se ele conhece, por acaso, algum bem famoso. "Conheço sim, a minha tia Míriam é cozinheira".

O fruto não cai longe do pé. Sobrinho da chef de cozinha Míriam Arazini, Tomás teve a quem puxar e hoje enche a tia de orgulho. "A alegria do meu afilhadinho com a mágica das panquecas me emocionou, deixou a Tia Dinda orgulhosa. O segredo de uma comida - e de uma vida - plenas? Jamais perder a ternura!" Isso Tomás mostra que tem de monte, dá uma olhadinha na reação dele: 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.