A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

10/07/2014 06:51

Na periferia, casa de frutos do mar tem happy hour e vende de siri à lagosta

Aline Araújo
A porção de camarão custa R$35. (Foto: Arquivo pessoal)A porção de camarão custa R$35. (Foto: Arquivo pessoal)

O prédio de uma nova casa de frutos do mar destoa na paisagem do bairro Taquarusu. A arquitetura moderna, com a frente toda em vidro, não chamaria tanta atenção se fosse na Euclides da Cunha, um dos pontos comerciais mais sofisticados da cidade. Mas ali, em um bairro residencial, a diferença estética foi o que chamou a atenção do Lado B para conhecer a história do "Emporium do Mar".

Veja Mais
Bar serve comida alemã e cliente ainda pode conhecer fábrica de cerveja
Mistura de peruana com oriental, tendência para 2017 é cozinha que une 2 países

Passada as portas, o lugar é aconchegante, as mesas e cadeiras de madeira e todo o ambiente tem um toque de maresia, desde os quadros com imagens de farol pendurados na parede, até o painel com o símbolo do estabelecimento, uma roda marinha.

“O pessoal do bairro passa mas não entra com medo de ser caro”, comenta o corretor de seguros Arthur de Oliveira Campos Neto, de 49 anos, dono do Empório que surgiu como uma segunda atividade para a família.

O proprietário conta que os amigos também estranharam a escolha do local e até brincam, dizem que ele construiu um “elefante branco” no meio do bairro. “O pessoal diz que eu sou louco, mas estou apostando que vai dar certo”, afirma. 

Espetinho de peixe e frutos do mar, com molhos. (Foto: Marcelo Victor)Espetinho de peixe e frutos do mar, com molhos. (Foto: Marcelo Victor)
Arthur mostra os produtos congelados. (Foto: Marcelo Victor)Arthur mostra os produtos congelados. (Foto: Marcelo Victor)

Mas a principal surpresa está no happy hour oferecido de segunda a sábado. Além de vender até lagosta congelada - para quem quer quebrar a rotina e se arriscar na cozinha, há também petiscos servidos no local, para acompanhar a cerveja do fim da tarde.

Na nova casa, é possivel sentar para comer casquinha de siri (R$ 9,00), bobó de camarão (R$ 13,00) ou bacalhau (R$ 13,00) na cumbuquinha. Uma das especialidades é o churrasquinho misto, com peixe, camarão, salmão e lula no espeto, por R$ 35,00. Também há porção de camarão para duas pessoas (R$ 35,00) e bolinho de bacalhau (R$ 25,00), nada muito diferente dos preços praticados em outros bares da cidade. 

O lugar, aberto há pouco mais de um mês, não foi escolhido de olhos fechados. O terreno já estava comprado. A principio seria apenas o escritório de Arthur. Mas ele encomendou uma pesquisa para viabilizar o novo negócio e descobriu que pelo local transitavam mais de dez mil carros por dia. O resultado foi suficiente para tirar o projeto do papel.

A intenção era apenas vender os produtos congelados, o que inclui todo o tipo de pescado e frutos do mar. A esposa, Andréia Fialho, de 42 anos, convenceu o marido a montar o restaurante também e deu certo. "Da mais retorno do que a venda dos produtos congelados", comenta Arthur. Atualmente a média de atendimento por noite é de 50 pessoas.

Faixada do empório no Bairro Taquarussu. (Foto: Marcelo Victor)Faixada do empório no Bairro Taquarussu. (Foto: Marcelo Victor)

Alguns vizinhos já se tornaram clientes, mas a grande maioria ainda passa com um olhar desconfiado pelo local, conta Arthur.

O proprietário, com muita simpatia, reforça que a ideia do lugar é atender todo mundo, tanto os moradores da região como quem mora mais longe. “A gente quis fazer um lugar bonito e agradável, com comida boa e preço justo”, ressalta.

O casal aposta na ideia de que o campo-grandense não consome mais frutos do mar, não apenas pela falta de costume, por estar a quilômetros de distância da água salgada mas, principalmente, pela falta de opção.

E opção não falta no cardápio para quem quer levar um prato congelado para casa. A lagosta é o produto mais caros, o quilo sai por R$ 119,00. Entre os pratos prontos que servem duas pessoas é possível comprar: bacalhoada, bobó de camarão, camarão na moranga ou casquinha de siri, cada pacote pelo valor de R$ 35,00.

O Emporium fica na rua Juruena, 50, esquina com a Brigadeiro Tobias, no bairro Taquarussu.




Periferia? Não acho! está há menos de 10 quadras do Shopping Norte Sul,tem algumas avenidas na proximidade ( Av.Salgado Filho, Bandeirantes etc ) e é um bairro próximo ao Centro.
 
alessandra lima em 10/07/2014 14:07:52
Boa tarde, foi muito bom saber, moro na região e não conhecia, mas o endereço correto é Rua Juruena, 50. e não "Jurema"
 
Silvio Cesar Siravegna em 10/07/2014 13:51:43
Parabéns pela ideia e pelo empreendimento Andréia e Arthur...realmente algo novo em CG. Sucesso à vcs!
 
Eder Oliveira de Mattos em 10/07/2014 12:19:14
Vou lá certamente. Que delícia.
 
Carlos Eduardo Lima em 10/07/2014 09:55:42
As pessoas acham que coisa boa só pode ter em bairro nobre e não valorizam o próprio bairro onde moram.
 
Marcos Wild em 10/07/2014 09:40:34
A verdade é que não há opções em frutos do mar aqui em CG......porem sabendo desta UNICA .....gostaria de saber o endereço......quero conhecer.
 
Vitor Cesar Rodrigues em 10/07/2014 08:27:05
Acontece que já estamos tão acostumados a pagar caro por péssimos serviços com os que são oferecidos na maioria dos estabelecimentos de Campo Grande, que gera desconfiança quando alguém vem com uma proposta de preços justos e bom atendimento.
 
Marco Aurélio Alves Queiróz em 10/07/2014 07:45:02
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.