A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

23/02/2016 06:45

No Coophasul, rodízio em restaurante inclui sobá e até 30 opções de pastéis

Adriano Fernandes
No “Festival das Delícias do Chawan” o cliente come a vontade o sobá e os pastéis. (Foto: Fernando Akira Hashimoto)No “Festival das Delícias do Chawan” o cliente come a vontade o sobá e os pastéis. (Foto: Fernando Akira Hashimoto)

Misturando o regionalismo com alguns dos maiores clássicos da culinária oriental, um restaurante no Bairro Coophasul oferece um rodízio que reúne sabores que se tornaram os preferidos por aqui. Uma vez por semana, no restaurante “Chawan”, o cliente pode comer à vontade até 30 opções de pastéis doces e salgados, sucos e também o sobá.

Veja Mais
Bar serve comida alemã e cliente ainda pode conhecer fábrica de cerveja
Mistura de peruana com oriental, tendência para 2017 é cozinha que une 2 países

O nome do restaurante foi inspirado no próprio Chawan, a vasilha em que se come o sobá. (Foto: Fernando Akira Hashimoto)O nome do restaurante foi inspirado no próprio "Chawan", a vasilha em que se come o sobá. (Foto: Fernando Akira Hashimoto)

Aberto desde julho do ano passado o negócio foi ideia da servidora pública Lidiane Arakaki, de 35 anos, e da empresária Adriana Nakasato, de 44.

De lá para cá, Lidiane conta que o cardápio foi adaptado para atender a demanda do próprio bairro. “Quisemos apostar nesta ideia porque notamos que pelo bairro ainda não havia nenhum restaurante deste tipo. Inicialmente, as opções eram apenas pastéis grandes e com bastante recheio e o sobá”, ela conta.

Pouco tempo depois, em outubro, os espetinhos com carne de contrafilé e filé mignon foram acrescentados. Os acompanhamentos são os tradicionais arroz, mandioca e vinagrete.

Para dar ao local um ar ainda mais oriental, o yakisoba foi agregado e há duas semanas elas criaram um “Festival das Delícias do Chawan”, que acontece sempre às quartas-feiras.

Nele, o cliente paga R$ 25,00 no rodízio que inclui 30 variedades de pastéis, dentre doces e salgados, sucos e ainda o sobá. Entre as opções de recheios dos pasteis doces, tem o de banana ou morango com Nutella e até beijinho com morango.

Dentre as mais de 30 opções de recheios, tem até de morango com nutella.(Foto: Fernando Akira Hashimoto)Dentre as mais de 30 opções de recheios, tem até de morango com nutella.(Foto: Fernando Akira Hashimoto)

Os pastéis salgados têm sabores tradicionais, como o de carne, queijo e calabresa, frango com catupiry ou palmito e o cliente também pode sugerir as misturas mais variadas. “Tem cliente que vem aqui para comer o de banana, queijo e bacon, por exemplo”, ri.

Lidiane ressalta que, no rodízio, o cliente pode optar por pastéis que tenham no máximo dois recheios. Não está incluso o espetinho e nem o yakisoba. O festival dá direito ao cliente também comer a vontade o sobá pequeno, médio ou grande e sucos naturais com leite ou água, de laranja, limão e mamão.

Mas ela explica que o cardápio do “Festival das Delícias do Chawan” é personalizado . “Cada cliente recebe uma comanda, onde escolhe a quantidade e o recheio dos pastéis, o tamanho do sobá e os sucos. Tudo é preparado na hora”, garante.

Os espetinhos são de contrafilé ou filé mignon. (Foto: Fernando Akira Hashimoto)Os espetinhos são de contrafilé ou filé mignon. (Foto: Fernando Akira Hashimoto)
A empresárias levaram para um bairro, um dos pratos mais populares da Feira Central. (Foto: Fernando Akira Hashimoto)A empresárias levaram para um bairro, um dos pratos mais populares da Feira Central. (Foto: Fernando Akira Hashimoto)

Segundo Lidiane a ideia de criar o rodízio foi uma solução para atender a uma queixa dos próprios frequentadores do restaurante. “Eles se queixavam que comiam demais, mas ainda ficavam com vontade de experimentar os outros sabores de pastéis e o que mais tinha no cardápio. Por isso decidimos criar o festival”, comemora.

Nos outros dias da semana em que o restaurante não oferece o festival, o valor dos pastéis varia de acordo com a quantidade de recheios.

Um pastel com três variações, por exemplo, custa R$ 16,00 e tem entre 15 e 20 centímetros. Os sobás variam de R$ 14,00 o pequeno até R$ 18,00 o grande e os espetinhos com os acompanhamentos entre R$ 24,00 e R$ 30,00.

O "Chawan" fica na Rua Domingos Giovani Di Salvi, 197 e funciona de terça-feira a domingo, das 17h até 23h. O local aceita todos os tipos de cartões.

Veja outras opções de sabor pela cidade no nosso Guia Gastronômico.

 

O yakisoba não está incluso no festival e custa de R$ 20,00 até R$ 40,00. (Foto: Fernando Akira Hashimoto)O yakisoba não está incluso no festival e custa de R$ 20,00 até R$ 40,00. (Foto: Fernando Akira Hashimoto)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.