A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

20/12/2012 12:40

Os campeões de preferência e os preços em tempo de Natal no Mercadão

Ângela Kempfer
Dona Alice exibe os temperos e dá dicas para o pernil. (Fotos: Rodrigo Pazinato)Dona Alice exibe os temperos e dá dicas para o pernil. (Fotos: Rodrigo Pazinato)

Como em qualquer outro lugar, o Mercadão lota em tempos de compra de fim de ano. As castanhas, nozes e grãos são os campeões de vendas. Mas dentre todos os produtos, a erva de tereré também bate recordes na época de Natal.

Veja Mais
Ex-gerente de fast food vende Nakedtone, além de pizza que é jantar e sobremesa
Com ingrediente mais importante, chef reúne alunos com down para ensinar ceviche

“A gente vende o dobro de erva. Tem muitas pessoas que passam aqui para comprar antes de viajar, querem levar para parentes que vivem fora e tem saudades. Vai até para quem ainda não conhece o tereré. É o nosso cartão postal”, comenta a vendedora Anita Rocha.

Os valores são fixados de acordo com o incremento. O quilo da erva mais simples é R$ 6,00. Para as com sabor, da menta ao tutifruti, o preço sobe para R$ 8,00.

Nos boxes, a exposição de mercadorias no Mercadão não muda, o colorido é o mesmo, só a reposição parece mais constante. Os preços também são diferentes com a concorrência e há quem ainda faça descontos, basta pedir.
“Das castanhas é impossível por causa da margem de lucro pequena, mas das farinhas a gente faz um precinho bom”, garante Roberto Matsumoto.

O quilo da castanha do Pará (sem casca) varia de R$ 30,00 a R$ 35,00. Da castanha de caju sobe para R$ 45,00. O pistache custa R$ 47,00 e o quilo das nozes sai por R$ 70,00. A maioria vende a granel e também em saquinhos de 100 e 500 gramas.

Na lista dos mais pedidos, o damasco tem o quilo por R$ 26,00 e na versão mais barata das frutas secas, a uva passa, o valor cai para R$ 11,00, mesmo preço médio da azeitona preta.

 

A erva de tereré é está na lista dos mais procurados antes do Natal.A erva de tereré é está na lista dos mais procurados antes do Natal.

Entre os grãos, a lentilha da sorte da virada do ano tem valor idêntico em todos os boxes: R$ 8,00. “Aqui, a gente adora a Semana Santa e o Natal, são as melhores épocas. Reforçamos o estoque com 100 quilos”, diz Marcelo Heidrick.

Na parte de açougue, o carneiro está entre as carnes mais requisitadas. O quilo da paleta e da costela sai por R$ 12,50 e o pernil por R$ 14,50.

E dá para comprar o tempero e já receber algumas dicas para a ceia. Dona Alice Betoni, da “Barraca da Alice” recomenda o “chimixuri”. O saquinho do mix de tomate seco, cebola e outros condimentos custa R$ 2,00 “e serve para temperar salda, molho, carnes...Fica tudo uma delícia”, sugere, com uma lembrança especial sobre o carneiro: “o alecrim é o melhor”.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.