A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

26/05/2014 06:21

Para esquentar a semana, cidade tem várias versões de caldos, até integral

Ângela Kempfer
Caldo de mandioca do Recanto das Ervas. (Foto: Elis Regina)Caldo de mandioca do Recanto das Ervas. (Foto: Elis Regina)

O Caldo de Mocotó na Feira Central a partir de quarta é a opção clássica para esquentar os dias frios na cidade. Mas a temporada de caldos e sopas começou nos restaurantes e a concorrência em sabores é grande, para tirar qualquer um de casa. Alguns oferecem, inclusive, o rodízio para quem não se contenta apenas com um prato.

Veja Mais
Aproveitando época da guavira, chef ensina petit gâteou e brownie da fruta
Hamburgueria K Burguer traz deliciosas novidades

No Recanto das Ervas, são 4 opções às quartas-feiras e sextas-feiras. O cardápio é variado, mas na semana passada, por exemplo, foram servidos os caldos de espinafre, mandioca, moranga com maçã e um toque de gengibre e até canja integral com frango orgânico.

Na casa, que fica na Rua 13 de Junho, 1592, O rodízio é servido das 17h às 20h, duas vezes por semana. É possível pedir a porção individual, por R$ 15,00, mas se o cliente quiser comer a vontade paga R$ 25,00 no rodízio.

No Rocha’s Caldos & Sopas, o esquema self service custa 20,00 e inclui sobremesa também típica do frio, como a canjica com amendoim. O restaurante que trouxe o sistema para Campo Grande funciona de terça a domingo, das 18h às 23h, na avenida Senhor do Bonfim, número 810 - Nova Bahia.

O restaurante leva à mesa 5 caldos diferentes por dia, em sabores bem variados. A casa serve, por exemplo, caldos de Cenoura, Frango e Gengibre, Creme de Milho com Frango, Caldo Verde, Caldo de Piranha, Camarão ao Molho Branco, Abóbora com Carne de Sol, Caldo de Feijão Preto, Caldo Pantaneiro Cremoso e vários outros.

O Mr. Cuty, no bairro Novo Minas Gerais, os nomes são peculiares: Caldo de Pinto,Caldo de Kenga, mas também há clássicos como Vaca Atolada, Caldo de Mocotó e Caldo de Piranha. Os preços começam em R$ 10,00 e o mais caro, o Caldo de Carne de Jacaré, custa R$ 20,00. O restaurante fica na rua Cataguases, 128, Nova Minas gerais.

Nas padarias, as noites também são de caldos. Na Mais que Pão, da avenida Zahran, são dois sabores por dia, de segunda a sábado. A maioria é tradicional, como Creme de Milho, Canja, Caldo de Legumes ou Caldo de Ervilha. O preço é cobrado por peso, são R$ 2,40 cada 100 gramas.

Na padaria Pão de Tal, da Euclides da Cunha, o valor é de acordo com o tamanho da porção. A unidade grande custa R$ 16,90 e a pequena R$ 13,90. Dependendo do dia, há Canja, Canjiquinha como calabresa, Caldo de Feijão, Caldo Mineiro e versões mais leves como de legumes ou frango. O local fica aberto até às 22 horas.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.