A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

29/05/2014 06:19

Para quem não gosta de pequi e jatobá, boa surpresa pode vir em bolo e biscoito

Elverson Cardozo
Biscoito de pequi. (Foto: Cleber Gellio)Biscoito de pequi. (Foto: Cleber Gellio)

Frutos típicos do Cerrado, que tem sabor mais forte e não agradam a todos os paladares, quando inseridos em receitas comuns, costumam causar surpresa e render elogios até dos mais “enjoados”.

Veja Mais
Aproveitando época da guavira, chef ensina petit gâteou e brownie da fruta
Hamburgueria K Burguer traz deliciosas novidades

Em Campo Grande, o Espaço Gosto do Cerrado, inaugurado a menos de uma semana na Central de Comercialização de Economia Solidária, no Centro, oferece produtos desse tipo. Na abertura, convidados puderam experimentar, por exemplo, o brigadeiro de cumbaru, mousse de guavir, bolo de jatobá e os biscoitinhos de pequi, que o Lado B ensina a fazer nesta quinta-feira (29).

A receita foi desenvolvida pela cozinheira Margareth Delmondes, de 46 anos, que trabalha no local. Curiosa, ela foi testando até chegar ao produto final que, hoje, pode ser adquirido por R$ 3,00 (pacotinho com 15 unidades).

É simples e fácil de fazer. Anote os ingredientes:

1 kg de trigo
2 xícaras de açúcar
2 colheres de margarina (com ou sem sal)
1 colher de fermento em pó
3 ovos
1 xícara de pasta (creme) de pequi
Leite para dar ponto na massa

Modo de fazer:

Coloque todos os ingredientes secos em um recipiente e misture. Acrescente ovo, margarina, óleo, pasta de pequi e leite até dar o ponto da massa, que deve ficar em um textura boa para enrolar. Estique a massa com um rolo, corte com formas próprias ou molde do jeito que preferir. Leve para assar por, pelo menos, 30 minutos ou até dourar. Rende um pacote grande de biscoitos.

Receita também pode ser feita com farinha de cumbaru. (Foto: Marcelo Victor)Receita também pode ser feita com farinha de cumbaru. (Foto: Marcelo Victor)

Dica - A pasta de pequi pode ser comprada pronta, no próprio Espaço Gosto do Cerrado, pelo valor de R$ 10,00 (90 gramas) ou feita em casa. Basta comprar o fruto, fresco ou em conserva, separar a polpa e cozinhar por aproximadamente 3 minutos. Depois, é só bater os pedaços (com um pouco de água) no liquidificador.

O pequi também pode ser adquirido no Mercadão Municipal de Campo Grande. O preço da polpa varia de R$ 10,00 a R$ 20,00 e do creme de R$ 10,00 a R$ 15,00. O produto também pode ser encontrado na Praça das Índias. O pacote com 15 unidades congeladas pode ser adquirido pelo mesmo valor. Tem, ainda, os caroços em conservas.

A receita para os biscoitinhos de pequi vale para os de jatobá, cumbaru e bocaiúva. É só substituir a pasta pelas respectivas farinhas que, neste caso, são mais difíceis de serem encontradas. Na Central de Comercialização, os produtos custam entre R$ 5,00 e R$ 10,00 (200 gramas).

Margareth Delmondes também faz bolos com os mesmos frutos, exceto o pequi. O Lado B pediu a receita.

Bolo leva castanha do cerrado. (Foto: Marcelo Victor)Bolo leva castanha do cerrado. (Foto: Marcelo Victor)

Bolo de bocaíuva/jatobá e cumbaru

Ingredientes:

3 ovos
2 colheres de margarina (com ou sem sal)
2 xícaras de açúcar
3 xícaras de trigo
1 xícara de farinha de jatobá/cumbaru/bocaíuva (escolha apena um)
1 colhe de fermento em pó
1 xícara de leite

Modo de fazer:

Bata os ovos com açúcar e a margarina. Acrescente a farinha de trigo e a outra de sua preferência (jatobá, cumbaru ou bocaiúva). Coloque o leite e bata novamente junto com o fermento. Coloque a massa em forma untada e, em seguida, leve ao forno pré-aquecido. Deixe assar por 20 a 30 minutos (ou até dourar).

A cobertura pode ser de chocolate.

Ingredientes:

1 lata de leite condensado
1 colher de margarina
1 copo de leite
5 colheres de achocolatado

Coloque tudo em uma panela e cozinhe até dar ponto de calda.

A cozinheira também faz o brigadeiro de cumbaru. A castanha não substituiu nenhum ingrediente, só é acrescentada, então, é super fácil.

Brigadeiro é comum, mas tem castanha de cumbaru. (Foto: Marcelo Victor)Brigadeiro é comum, mas tem castanha de cumbaru. (Foto: Marcelo Victor)

Ingredientes:

1 lata de leite condensando
2 colheres de margarina
5 colheres de achocolatado

Modo de fazer:

Misture tudo em uma panela, leve ao fogo e mexa até dar ponto. Acrescente a castanha em pó ou triturada.

Para quem quiser experimentar produtos feitos com as farinhas do Cerrado, alguns estão à venda no Centro de Comercialização de Economia Solidária, no Centro de Campo Grande, na rua Cândido Mariano, 1500.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.