A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

21/05/2014 06:28

Para tapioqueiro em Kombi na Albert Sabin, segredo está na energia das mãos

Anny Malagolini
Tapioca com carne-seca, queijo, cheiro verde e tomate é a líder em pedidos e custa R$ 5,00. (Foto: Marcelo Victor)Tapioca com carne-seca, queijo, cheiro verde e tomate é a líder em pedidos e custa R$ 5,00. (Foto: Marcelo Victor)

O “tapioqueiro” Valdo Vieira lota a calçada em um dos trechos da avenida Albert Sabin assim que estaciona a Kombi com o sabor do Nordeste. A clientela é boa, visível, principalmente, a partir de quinta-feira. O segredo, avalia, "está na energia das mãos". Há oito anos o ponto é dele na rua Albert Sabin, 693, no bairro Taveiropólis e atrai até moradores de outra cidade.

Veja Mais
Batata de frigideira recheada é carro-chefe de truck que percorre feiras
Ex-gerente de fast food vende Nakedtone, além de pizza que é jantar e sobremesa

Espírita, Valdo diz que perdeu clientes por conta da religião, mas acredita, que com fé conquista tudo o que tem. Quando a maioria usa o esquema sobre quatro rodas para vender sanduíches, ele optou pela tapioca por um gosto pessoas.

Antes era artesão, fazia objetos de decoração com a temática do Pantanal, mas mudou completamente de rumo depois que as receitas mostraram habilidades na cozinha. “Eu sempre gostei de tapioca e um dia fui fazer para comer. Depois, fui fazendo para todo mundo”, lembra.

O primeiro ponto foi no cruzamento entre a avenida Afonso Pena e a Rua Calógeras, em 2004, mas com a determinação da prefeitura de que os ambulantes deveriam sair das ruas do Centro, ele teve que ir para a periferia. Valdo afirma que o novo endereço apareceu por intervenção divina. “Sou espírita e senti que aqui seria o ideal”.

A freguesia parece ser tão fiel, que até quem mora na cidade vizinha, Terenos, quando passa pela Capital faz questão de comer a tapioca. Há dois anos, a artesã Juciara Silva de Souza, de 35, veio a Campo Grande e de passagem pela rua Albert Sabin, conheceu a tapiocaria na Kombi. "Venho para Campo Grande toda semana, e passo aqui e como ao menos duas”, conta.

A tapioca sem recheio custa R$ 2,00. A tradicional, recheada apenas com manteiga de garrafa é R$ 3,00. No cardápio, são 60 tipos diferentes de recheio, com queijo, carne seca, frango, calabresa, legumes e também opções doces. Os preços variam de R$ 5,00 a R$ 9,00.

Segundo Valdo, a tapioca com carne-seca, queijo, cheiro verde e tomate é a líder em pedidos e custa R$ 5,00. 

De quarta a domingo, a partir das 18 horas, a Kombi estaciona e já começa a esquentar a frigideira para preparar as tapiocas. E quem quiser levar a farinha da tapioca para fazer em casa, Valdo vende o quilo a R$ 10,00. 

A tapiocaria funciona de quarta-feira a domingo, a partir das 23 horas. (Foto: Marcelo Victor)A tapiocaria funciona de quarta-feira a domingo, a partir das 23 horas. (Foto: Marcelo Victor)



Essa eu quero provar.
 
Francesca Marise Costa de Araújo em 22/05/2014 15:04:58
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.