A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

28/11/2014 06:23

Saltenharia tem recheios tradicional e gourmet, versão frita e com creme de alho

Elverson Cardozo
Satenhas tem massas finas e são bem recheadas. (Foto: Marcos Ermínio)Satenhas tem massas finas e são bem recheadas. (Foto: Marcos Ermínio)

Saltenha tradicional, de frango, e as gourmet, de carne seca com requeijão, frango com requeijão e calabresa com ricota, além de uma frita (de frango ou carne), acompanhada de mini-discos da massa e creme de alho. São delícias produzidas pela Saltenharia Puro Sabor, que abriu as portas há oito meses, mas já atrai clientes fiéis à Rua 13 de Maio, perto da Santa Casa de Campo Grande.

Veja Mais
Bar serve comida alemã e cliente ainda pode conhecer fábrica de cerveja
Mistura de peruana com oriental, tendência para 2017 é cozinha que une 2 países

O negócio é comandado pelo bacharel em Teologia Renato Schilitter, de 42 anos, e pela confeiteira Rosangela de Oliveira Ribeiro Pereira, de 38. A dupla se conheceu na igreja e resolveu firmar sociedade em março deste ano.

Ela sempre quis ter um negócio próprio. Ele queria voltar a fazer saltenhas. “Há 15 anos eu tinha uma barraca na Feira Central, na Abrão Julio Rahe. Vendia pastel, coxinha, vários salgados e também fazia saltenha. A receita eu aprendi com uma mulher da Bolívia”, conta.

Com a mudança da feira para a Rua 14 de Julho, há cerca de 6 anos, para não ficar atrás da concorrência, Renato achou melhor se adequar e passou a trabalhar com comida japonesa, além dos pastéis, espetinhos e outros aperitivos.

A frita, de frango, com mini-discos da massa e molho de alho. (Foto: Marcos Ermínio)A frita, de frango, com mini-discos da massa e molho de alho. (Foto: Marcos Ermínio)

O antigos clientes, no entanto, sempre cobraram a volta da saltenha, mas para o pastel assado, originário da Bolívia, ele queria exclusividade. Foi aí que surgiu a ideia de criar a saltenharia.

No início, Renato e Rosângela serviam almoço, mas o espaço começou a lotar demais e a saltenha estava ficando de lado. Os dois decidiram, então, focar no produto principal.

Hoje, os sócios tem nas saltenhas o “carro-chefe” do empreendimento. A boa saída se dá à qualidade e, também, ao valor acessível. O salgado tradicional, de frango, custa R$ 1,00 (pesa 80 gramas em média).

Já as do tipo gourmet (de carne seca com requeijão, frango com requeijão e calabresa com ricota) custam R$ 2,00 e pesam, em média, 90 gramas. Todas essas são assadas.

Mas tem uma saltenha frita, de frango ou carne, que vem com mini-discos de massa para comer com creme de alho. Esta pesa cerca de 220 gramas e custa R$ 5,00. Todas, no entanto, carregam pouca quantidade de pimenta, mas ainda assim é possível sentir. Quem não está acostumado com o gosto acha forte. 

“Quando começamos fazíamos bem picante, mas adaptamos porque a maioria dos clientes pedia com pouca pimenta”, conta a mulher.

Embora o “pastel boliviano” seja o foco, Rosângela e o sócio, Renato, vendem outras delícias. Na lista, tem salgados como coxinha, risoles, quibe, esfirra, pão italiano, trouxinha de frango. Todos por R$ 1,00 (80 gramas a unidade).

Receita é do tradicional pastel boliviano. (Foto: Marcos Ermínio)Receita é do tradicional pastel boliviano. (Foto: Marcos Ermínio)

Além disso, tem os pastéis, de frango (com catupiry, palmito, queijo ou piqui), de carne (com os mesmos recheios) o de queijo, com palmito, calabresa, além do de pizza. Isso sem falar nos doces, de chocolate, goibada com queijo e com os três sabores. O preço varia de R$ 3,50 a R$ 4,50.

A confeitaria, claro, não ficou de lado. Rosângela também vende doces (brigadeiro, beijinho, olho de sogra, dois amores, trufa, bombom, etc) e tortas. Na lista tem “Romeu e Julieta”, brigadeiro de chocolate, prestigio e por aí vai.

Os sócios não trabalham com entregas, mas aceitam encomendas. Para comprar e provar é preciso ir ao local, que fica na Rua 13 de Maio, 3749, entre as Ruas Pernambuco e Eduardo Santos Pereira, na região da Santa Casa de Campo Grande.

A Saltenharia Puro Sabor funciona de segunda à sexta, das 7h às 19h e, no sábado, das 7h às 14h. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 8162-1724.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.