A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

09/05/2016 13:48

Capivara atropelada está desde sábado em canteiro da Afonso Pena

Gente que trabalha próximo ao local reclama de descaso e mau cheiro

Alberto Dias e Amanda Bogo
Bicho teria saído do Parque das Nações Indígenas, que concentra outros animais da espécie. (Foto: Alcides Neto)Bicho teria saído do Parque das Nações Indígenas, que concentra outros animais da espécie. (Foto: Alcides Neto)

Uma capivara vítima de atropelamento nos altos da avenida Afonso Pena morreu no canteiro central, onde permanece desde sábado (9). Já em decomposição e com mal cheiro, o corpo ainda não foi removido, apesar dos apelos de pessoas que trabalham próximo ao local.

Veja Mais
Capivara fujona invade condomínio e dá “baile” em policiais
Capivara morta e em decomposição incomoda moradores de bairro

"No domingo à noite havia uma blitz policial e eu avisei uma viatura da Polícia Ambiental que estava no local, mas não deram atenção", reclama Eduardo Evangelista, que trabalha em casa de shows bem em frente.

Acidentes com animais selvagens é um problema recorrente na Capital. Duas semanas antes, outra capivara foi atropelada e morta quando saía da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), na avenida Senador Antônio Mendes Canale, no bairro Pioneiros.

Na ocasião, o Campo Grande News contatou a Prefeitura e foi informado que a Solurb, que realiza a coleta de lixo na Capital, também é responsável pelo recolhimento de animais mortos nas vias.

Para solicitar o recolhimento de animais mortos, o município disponibiliza atendimento pelo telefone 0800-647-1005 (de segunda a sexta-feira: 07h30 às 12h e13h30 às 18h).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions