A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

03/06/2015 12:23

Alunos criam sistema de captação de água para irrigar horta orgânica

Priscilla Peres
Alunos tiveram ideia e agora desenvolvem projeto. (Foto:Casimiro Silva )Alunos tiveram ideia e agora desenvolvem projeto. (Foto:Casimiro Silva )

Reaproveitar a água da chuva e produzir alimentos orgânicos. As duas atividades que se complementam e fazem bem ao Meio Ambiente, estão sendo desenvolvidas em uma escola municipal de Campo Grande. Em projeto conjunto com professores de biologia, matemática, ciências e geografia, os alunos aprendem sobre preservação ambiental.

Veja Mais
Domingo será de calor e chuvas com trovoadas em todo o MS, alerta instituto
Temporal com chuva de 30 milímetros e vento forte alaga ruas de Dourados

Inicialmente, os alunos da Escola Municipal Nazira Anache, localizada no Jardim Anache, desenvolveram um projeto de horta orgânica, e então tiveram a ideia de fazer um sistema de captação de água da chuva, para mandar a produção. A ideia virou projeto e está sendo implantada.

De acordo com a diretora adjunta, Andrelina Raniere a escola já adquiriu a caixa d’água, boia, peneira para filtrar os resíduos e a torneira, entre outras ferramentas para construir o sistema de captação. Os canos para a tubulação foram doados por um pai de aluno que vai ajudar também na construção do sistema.

Um engenheiro agrônomo do projeto Alphaville, auxiliou com orientações técnicas. Começou com o estudo do solo, a formação do canteiro, o conhecimento sobre cultura e rotatividade e a escolha das hortaliças, entre elas alface, couve-flor, brócolis e cebolinha. O grupo responsável pela horta e pelo sistema de captação é formado por 32 estudantes, mais os professores.

Exemplo - O estudante do 9º ano, Erik Lopes de Souza, 14, é um dos alunos à frente do projeto. “Com a ajuda dos professores e de um pai de aluno que vai ajudar na instalação, pensamos em ver esse sistema funcionando o mais rápido possível. Todos aqui não veem a hora de aproveitar na prática o resultado do nosso trabalho e colher as hortaliças”, disse Erik.

Andrelina adianta que, a partir do resultado do sistema de captação para a horta, a intenção é aproveitar a água da chuva em outros espaços da escola, construindo novos sistemas. A partir daí poderão ser utilizados para a cozinha, para os banheiros, para a limpeza do pátio e outros espaços. “É o projeto educativo que sonhamos. Vai ajudar a economizar e aproveitar a água da chuva, queremos dar o exemplo”, assinalou.

A matemática entra na sala de aula, quando é questionado quanto uma caixa de 350 litros cheia de água pode ajudar na horta? “Esse é o intuito do projeto, fazer com que o teórico seja realizado na prática e trabalhar a realidade com os alunos nas aulas de matemática e ciências”, observou a professora Rose Maclaine.

As ações não param por aí na escola municipal Nazira Anache. A diretora adjunta destaca que os estudantes participam também do projeto de jardinagem e dos latões de lixo com material reciclado que recebem grafitagem. Segundo ela, os jardins estão espalhados pela escola em locais onde até então eram ociosos. “São projetos que mudaram o jeito dos alunos verem a escola. Eles cuidam das plantas, da limpeza e da conservação. Sabem que são parte da escola, são participativos e isso é muito bom”, destacou.

O projeto conta com a participação dos professores Marinês Adiers (Laboratório de Ciências), Tiago Green de Freitas (Ciências), Magno Benedito dos Santos (Matemática) e Rose Maclaine (Geografia).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions