A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

01/03/2013 16:36

Apesar de proibição, circo em Sidrolândia tem pônei e lhama

Lei proíbe apresentação com animais em Mato Grosso do Sul desde 2009

Nícholas Vasconcelos
Lhama e pônei são usados em apresentação de circo em Sidrolândia. (Foto: Repórter News)Lhama e pônei são usados em apresentação de circo em Sidrolândia. (Foto: Repórter News)
De acordo com leitor, pônei apresenta sinais de maus tratos. (Foto: Repórter News)De acordo com leitor, pônei apresenta sinais de maus tratos. (Foto: Repórter News)

Um circo que se apresenta em Sidrolândia, a 71 quilômetros de Campo Grande, apresenta animais em seus espetáculos, apesar disso ser considerado crime. Desde 2009, Mato Grosso do Sul tem uma Lei que proíbe a presença de qualquer tipo de animal em apresentações circenses. 

O leitor André Lopes da Silva conta que flagrou os animais no circo que chegou esta semana no município. Ele conta que o pônei apresenta sinais de maus tratos e fica o tempo todo deitado.

“O Estado tem uma Lei que proíbe esse tipo de situação”, questiona. André conta ainda que acionou a PM (Polícia Militar), que informou que o caso deve ser encaminhado para a PMA (Polícia Militar Ambiental).

De acordo com a Lei 3.642 de 2009, os circos que utilizam animais estão sujeitos a uma multa que varia de mil a 10 mil Uferms, o que corresponde a R$ 17.630 a R$ 176.300. O

Campo Grande também tem uma medida semelhante, de julho de 2008, que também proíbe esse tipo de apresentação cultural.

Segundo o major Edmilison Queiroz, da PMA, uma equipe vai até o local para averiguar a situação dos animais, que devem ser apreendidos.




O importante é FAZER algo por uma vida não CRITICAR quem faz o BEM.Tem que denunciar SIM. Parabéns colega, no seu lugar faria mesmo.
Quem critica , geralmente só fica na crítica e não faz absolutamente nada para mudar o mundo, apenas atrapalha.
Procuro ajudar as pessoas e principalmente os animais, sou um rolo compressor em cima de coisas erradas.
 
Neyde de Oliveira em 02/03/2013 20:12:37
Conheço o Andre Lopes de algum tempo Samuel gomes e posso te garantir que ele recolhe os animais doentes, que cuida e que tem caráter para de fazer isso, Temos que fazer valer a lei.
 
Alex Da Silva em 02/03/2013 12:27:14
ANDRÉ PARABÉNS, É ISSO MESMO QUE TEMOS QUE FAZER DENUNCIAR
 
juliana morais em 02/03/2013 09:37:10
Mora na capital,mas sei como é a vida em cidade interiorana.Sidrô é uma cidade pacata cuja população não tem qualquer tipo de diversão publica.Nas ruas se veem muitos cães abandonados e doentes e o denunciante,no afã de se aparecer denuncio o casop, agora as crianças, jovens,velhos e velhinhas, que não tem aonde passear pode ter o circo fechado,pelo simples fato de estar cuidando de dois animais.Pode? Vamos esperar que o denunciante recolha e cuide dos muitos cães ,sarnentos e famintos,que peranbulam por sidrolandia.Denunciasse,mas o fissesse no ultimo dia,pô!!!
 
samuel gomes-campo grande-ms em 01/03/2013 21:07:07
Parabéns André Lopes, o mundo precisa de pessoas como vc! Que têm a coragem de falar, denunciar os maus tratos contra animais, eles são indefesos, mas nós podemos defendê-los!
 
cristiane Duarte em 01/03/2013 20:05:42
E ISTO MESMO CHEGA DE FICAREM MALTRATANDO OS COITADOS DOS ANIMAIS,PARABENS AOS POLICIAIS QUE ESTAO ENVESTIGANDO O CASO,
 
thiago alves em 01/03/2013 16:54:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions