A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

06/02/2014 15:10

Área desmatada para quartel abriga várias espécies de animais, diz ambientalista

Edivaldo Bitencourt
Árvore que abrigava jiboias foi derrubada com desmatamento (Foto: Divulgação)Árvore que abrigava jiboias foi derrubada com desmatamento (Foto: Divulgação)

A área do Exército, que está sendo desmatada para a construção de um novo quartel do CMO (Comando Militar do Oeste), abriga animais de várias espécies. Segundo o coordenador do Fórum de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Mato Grosso do Sul, Haroldo Borralho, o local é habitat natural de cobras, tamanduás, tatus, pássaros e gambás.

Veja Mais
Exército desmata área e ambientalista vê fim do "pulmão" da Capital
Primeira maratona do país com foco em saneamento é realizada na Capital

Um dos moradores da região tirou a foto de uma árvore, que acabou sendo derrubada pelo Exército, que era ninho de jibóias.

“Não só jibóias, mas várias espécies de cobras vivem no local, como coral, cascavel, entre outras”, destacou.
Ele destacou também que o espaço, que considera “pulmão” de Campo Grande, abriga várias espécies de árvores. “É uma área riquíssima do cerrado”, destacou.

O Exército está desmatando 20 dos 460 hectares para construir um quartel. A corporação destaca que a medida tem o aval do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente).




este quadrilátero enorme no meio da capital de MS é uma afronta à população, tiros de arma de fogo, inclusive fuzil é comum nesse "quartel", isso ´não pode existir, colocando risco de morte a população vizinha, cade as autoridades? já era hora de construir algo útil nessa quadra, a qual atrasa o desenvolvimento da capital. isso foi bom a 20, 30 anos atrás.
 
Marli Soares em 07/02/2014 07:35:30
porque todo Hiponga com rastafari agora se intitula ambientalista e vira "otoridade" em meio ambiente e se acha no direito de sair vomitando besteiras, monta uma ong com ares de instituto de pesquisa e começa a mamar nas têtas do governo. Os animais que ali estão, estão ilhados pela cidade e tendem a desaparecer por si. Não há como continuar perpetuando a espécie numa ilha verde sem corredores de comunicação entre elas.
Depois corre atrás de algum vereador desses pé de chinelo a quem outorgaram o poder de fazer leis e ficar enchendo o saco dos pobres mortais e roubando os cofres públicos, e aí a mídia sensacionalista fica enchendo o seu espaço, já quase sem assunto com um monte de besteiras como essa.
 
Luiz Antonio M Costa em 06/02/2014 20:36:33
Coral, cascavel, jararaca, escorpião, arranha, etc, só bicho inofensivo!
 
João Dias em 06/02/2014 19:30:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions