A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

09/02/2016 12:37

Câmera flagra onça em reserva e turismólogo brinca: “nota 10”

Caroline Maldonado
Onça parda foi fotografada ontem (8) no Parque Estadual das Varzeas do Rio Ivinhema (Foto: Reginaldo Oliveira)Onça parda foi fotografada ontem (8) no Parque Estadual das Varzeas do Rio Ivinhema (Foto: Reginaldo Oliveira)
De hábito noturno, lobinho deu as caras durante o dia e foi fotografado no parque (Foto: Reginaldo Oliveira)De hábito noturno, lobinho deu as caras durante o dia e foi fotografado no parque (Foto: Reginaldo Oliveira)

Elas estão em diversas regiões do Estado e quem trabalha nas unidades de conservação já está acostumado com a aparição de animais silvestres, mas um novo contato ou a simples foto de uma onça é motivo de espanto e comemoração.

Veja Mais
Em 2015, teve capivara em piscina, anta na Sesau e sucuri famosa na web
CTI pediátrico tem decoração de floresta e tucano de verdade na janela

O responsável técnico do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema, Reginaldo Oliveira, publicou no Facebook a foto de uma onça-parda, flagrada ontem (8) por uma das câmeras que ficam instaladas na reserva. Com a foto, o post: “Olha só quem nossa armadilha fotográfica flagrou desfilando nesse Carnaval. Quesito beleza, NOTA, 10!”.

Em pouco tempo, seguidores acrescentaram dando nota máxima também nos quesitos sustentabilidade, saúde e evolução. De fato, o registro é motivo de comemoração, pois o parque já foi vulnerável a ações do homem, prejudicando a fauna e a flora.

A região abriga um dos últimos trechos da bacia do Rio Paraná que não teve represamento, segundo o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul). O local já foi alvo de pescadores, mesmo tendo a pesca proibida e incêndios também ameaçavam a vida animal, segundo a PMA (Polícia Militar Ambiental), que instalou um posto na área, há mais de dez anos.

“O parque tem uma importância muito grande, porque tem animais de quase todas as espécies do Estado e as onças que vivem soltas são monitoradas. Antes da instalação do posto, ocorriam muitos crimes ambientais, pois área é muito afastada, mas agora a fiscalização é diária”, comenta o major da PMA, Edmilson Queiroz.

Criado há 17 anos, o parque abrange os municípios de Taquarussu, Jateí e Naviraí, a cerca de 360 quilômetros de Campo Grande. São 73,3 mil hectares, onde os animais vivem livres e pesquisadores observam, a fim de proteger a vida silvestre na região.

Veado, cachorro do mato, macaco, cateto, anta, lobinho, cervo, periquito, jacaré, tuiuiu, cobra, gato palheiro; além dos cenários compostos por plantas e rios já caíram nas lentes dos pesquisadores e foram publicadas na página facebook.com/parqueestadualvarzeasivinhema.

Macaco Prego fotografado em 2015 (Foto: Reginaldo Oliveira)Macaco Prego fotografado em 2015 (Foto: Reginaldo Oliveira)
Urubu Rei no Parque Estadual (Foto: Reginaldo Oliveira)Urubu Rei no Parque Estadual (Foto: Reginaldo Oliveira)
Bugios foram fotografados no ano passado (Foto: Reginaldo Oliveira)Bugios foram fotografados no ano passado (Foto: Reginaldo Oliveira)
Sucuri tomando banho de sol em registro feito em 2015 (Foto: Reginaldo Oliveira)Sucuri tomando banho de sol em registro feito em 2015 (Foto: Reginaldo Oliveira)
Gato Palheiro Melânico caminhando na estrada (Foto: Reginaldo Oliveira)Gato Palheiro Melânico caminhando na estrada (Foto: Reginaldo Oliveira)
Veado fotografado em janeiro deste ano (Foto: Reginaldo Oliveira)Veado fotografado em janeiro deste ano (Foto: Reginaldo Oliveira)
Registro feito na primavera de 2015 (Foto: Reginaldo Oliveira)Registro feito na primavera de 2015 (Foto: Reginaldo Oliveira)
Fim de tarde no Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema (Foto: Reginaldo Oliveira)Fim de tarde no Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema (Foto: Reginaldo Oliveira)



Ótimo saber que temos no estado uma área desse tamanho destinada a preservação da fauna e da flora, nossos animais silvestres precisam desta proteção, pois o homem e um predador insaciável e se deixarmos eles acabam com tudo que a natureza tem, lagos, rios, florestas e animais.
 
juvenul em 09/02/2016 20:03:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions