A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

16/01/2011 12:12

Capataz é preso e fazendeira multada em R$ 50 mil por uso de agrotóxico

Danúbia Burema

PMA encontrou centenas de embalagens de veneno na fazenda

A PMA (Polícia Militar Ambiental) prendeu em flagrante o capataz de uma fazenda em Ponta Porã, município que fica a 323 quilômetros de Campo Grande, e multou uma proprietária rural em R$ 50 mil pelo uso de agrotóxicos.

Durante fiscalização, policiais militares ambientais encontraram na fazenda Bocajá uma grande quantidade de agrotóxico armazenada de maneira irregular.

Segundo a PMA, havia na fazenda centenas de embalagens vazias do veneno espalhadas e que haviam sido recentemente usadas sob a coordenação do capataz João Segura Neto.

Por conta do crime ambiental, o capataz foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia da cidade.

Ele deverá responder por usar a substância tóxica em desacordo com as exigências. A pena prevista varia de um a quatro anos de reclusão.

Além da prisão do capataz, a PMA fez um auto de infração administrativo contra a dona da fazenda, Gracineide Seron Grangnoli Trason, e emitiu multa de R$ 50 mil à proprietária.

O agrotóxico encontrado na propriedade foi apreendido pelos policiais.




rsrsrs. isso e piada prender o coitado do capataz da fazenda , de certo que foi ele que comprou o veneno , transportou e tava passando....
 
luiz fernandes em 16/01/2011 07:52:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions