A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

16/07/2014 11:56

Capivara faz "passeio" pelo Centro e surpreende comerciantes

Caroline Maldonado
Capivara foi capturada dentro do estacionamento da lanchonete (Foto: Luiz Thomaz Filho)Capivara foi capturada dentro do estacionamento da lanchonete (Foto: Luiz Thomaz Filho)

Uma capivara, que passeava pelo Centro de Campo Grande, surpreendeu comerciantes na rua 7 de setembro, quase esquina com a rua Rui Barbosa, nesta manhã. O proprietário de lanchonete, Luiz Thomaz Filho, percebeu o animal e chamou a PMA (Polícia Militar Ambiental), que fez o resgate e levou o roedor para o Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres).

Veja Mais
Carro atropela e mata três capivaras em frente ao Parque do Sóter
Duas capivaras são resgatadas após invadirem residências em Dourados

“Ela estava andando pela rua, queria seguir pela Rui Barbosa, mas eu não deixei. Nós cercamos ela para que ficasse por aqui e entrasse no estacionamento, onde seria mais fácil de capturar”, contou Thomaz. Segundo Thomaz, o animal estava tranquilo, sem demonstrar muito medo. Ele mesmo gravou um vídeo, que mostra o momento da captura do animal.

De acordo com o coordenador do Cras, Elson Borges, a capivara foi observada e como não tinha nenhum problema de saúde foi devolvida à natureza, em uma fazenda próxima ao distrito de Anhandui, a 40 quilômetros de Campo Grande. Outras três capivaras resgatadas nesta semana serão soltas pelo Cras ainda hoje (16). De acordo com Elson, elas são devolvidas à natureza em fazendas que tenham rios ou córregos, entre outras condições favoráveis a sobrevivência.

Conforme a bióloga do Cras, Maria Isabel Rossi, por mês são resgatadas até cinco capivaras, em especial na região do Lago do Amor e Parque do Sóter. "Geralmente, esse é o número médio de capturas, mas também há meses em que aparece apenas uma ou nenhuma, explicou. 

Segundo Elson são comuns capturas desses animais na cidade. Quando elas são capturadas perto dos parques, passam pelo Cras e logo são devolvidas nas reservas florestais. “As capivaras estão sempre nos surpreendendo. Elas aparecem muito quando tem chuva e tem enxurrada, então acabam sendo levadas pela correnteza ou, simplesmente, se perdem do bando.

Veja abaixo o vídeo, que mostra o passeio e a captura da capivara:




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions