A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

18/06/2012 16:20

Centro Ambiental terá orquidário na região do Imbirussu

Marta Ferreira

O Centro de Educação Ambiental “Odilza Fernandes Bittar” (CEA – Imbirussu) vai ganhar um orquidário no Espaço do Tereré. É o que prevê convênio firmado entre a Prefeitura e a Acoa (Associação Campo-grandense de Orquidofilia e Ambientalismo), publicado hoje no Diário Oficial do Município.

Veja Mais
No primeiro mês de piracema, PMA registra aumento de 100% nas apreensões
Segunda-feira de tempo claro e com possibilidades de chuvas à tarde, em MS

O convênio prevê o desenvolvimento de ações e projetos em educação ambiental voltados à orquidofilia e ambientalismo. Segundo o presidente da Acoa, Wenceslau Carlos de Oliveira, a ideia é montar um orquidário com espécies nativas e depois espécies de outras regiões do país. “Vamos abrir para visitação pública para que todos conheçam as orquídeas do nosso Estado, vamos ministrar palestras e oferecer oficinas sobre as orquídeas”, revelou.

Ao ar livre–Criado em 2009 pelo prefeito Nelson Trad Filho, o projeto Orquideas ao ar livre também é realizado em parceria com a Acoa, intermediado pela Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e do Agronegócio). O projeto consiste em cultivar orquídeas ao ar livre amarrando-as em logradouros públicos e estimulando exposições e preservação das plantas.

Já receberam ações do projeto a Praça Itanhangá, a mata nativa localizada no Terminal Rodoviário Senador Antonio Mendes Canale, as árvores no canteiro da avenida Afonso Pena, na esquina com a rua 14 de Julho, e os ypês localizados, também na avenida Afonso Pena em frente à Praça do Rádio Clube.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions