A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

05/12/2013 20:24

Cinco municípios do Estado se destacam nacionalmente na silvicultura

Mariana Lopes

Cinco municípios de Mato Grosso do Sul ganharam destaque nacional na extração vegetal e silvicultura em 2012, de acordo com os índices do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). No ranking do Brasil, Ribas do Rio Pardo está em 4º lugar, com produção de 30 mil toneladas.

Na sequência, Campo Grande, com 20 mil toneladas, está em 7º lugar. Porto Murtinho ficou na 13ª colocação, com 14 mil toneladas. Por último no Estado e em 19º no País, Bela Vista acumulou 10,5 mil toneladas no ano passado.

Na extração do carvão vegetal, Aquidauana é o 2º maior município do Brasil, que chegou a 35 mil toneladas em 2012. Outras cinco cidades sul-mato-grossenses compõem o ranking dos 20 maiores produtores do País.

Em relação à erva mate, Mato Grosso do Sul é o 4º produtor nacional, com 22,7 mil toneladas, ficando atrás apenas do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A produção total de 2012 foi de 252,7 mil toneladas, o que representou um acréscimo de 10,0% em relação ao ano anterior.

Brasilândia é o 5º maior município na produção de madeira em tora para papel e celulose, com 2.377.607 m³. Também se destacam no Brasil, cidades como Três Lagoas (1.658.322 m³), Ribas do Rio Pardo (297.759 m³), Selvíria (284.215 m³) e Campo Grande (225.052 m³).

Na produção de folha de eucalipto, Três Lagoas ficou na 4ª posição do ranking nacional, com 3,1 mil toneladas. No Estado, se destacam ainda os municípios de Água Clara (708 toneladas) e Antônio João (100 toneladas).

Ainda entre os destaques nacionais, Ribas do Rio Pardo foi o 4ª maior produtor de resina do Brasil, com 5,2 toneladas. No total, foram produzidas no País 73.778 toneladas de resina, 3,0% superior à obtida em 2011.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions