A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

14/06/2011 13:00

Coleta seletiva começa a partir de julho em 120 bairros de Campo Grande

Aline dos Santos
Lixão de Campo Grande tem prazo para ser fechado. (Foto: Marycleide Vasques/Arquivo)Lixão de Campo Grande tem prazo para ser fechado. (Foto: Marycleide Vasques/Arquivo)

Se empilhadas, as 252 mil toneladas de lixo produzidas anualmente pela população de Campo Grande resultariam em 42 prédios de 18 andares. Para tentar frear tamanha produção de resíduos sólidos e garantir sobrevida de ao menos seis anos para o aterro sanitário, a prefeitura lança em primeiro de julho mais uma tentativa de implantar a coleta seletiva.

Com o slogan “Reciclar é Vida”, o projeto vai começar por 120 bairros, num total de 32 mil domicílios. A iniciativa foi aprovada pela Câmara Municipal na última semana e hoje o titular da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Marcos Cristaldo, detalhou a proposta aos vereadores.

O projeto será implantado na região dos bairros Carandá, Autonomista, Santa Fé, Veraneio, Chácara Cachoeira, Bela Vista, Tiradentes, São Lourenço, TV Morena, Vilas Boas e Vila Carlota. O fato de a região corresponder a bairros com maior poder aquisitivo não é coincidência.

Segundo o secretário, quanto maior a renda, maior o consumo e, portanto, produção de lixo. Nestas 11 regiões, serão distribuídas sacolas verdes, destinadas ao lixo reciclável. Os moradores deverão separar o lixo úmido, seco e perigoso (pilhas e lâmpadas).

O primeiro será levado pelos caminhões que já atuam na coleta do lixo. Já a sacola verde, contendo os recicláveis, será levada por um caminhão gaiola, que vai passar em cada região em dia pré-determinado, uma vez por semana.

A previsão é que a coleta de porta em porta atenda 40% dos 280 mil domicílios de Campo Grande. Mas moradores de bairros não atendidos poderão encaminhar os recicláveis a cinco Ecopontos e LEV (Local de Entrega Voluntária).

Serão montados postos de recebimentos em supermercados, postos de combustíveis, farmácias. Nestes locais, também serão entregues pilhas, lâmpadas e óleo.

Depois de coletado, o material reciclável – papel, papelão, latinha, metal – será levado a uma UPL (Unidade de Processamento de Lixo), onde será feita a triagem.

Leilão - Até o começo de 2012, a UPL será montada e administrada pela Financial Ambiental, que já é responsável pela coleta do lixo na Capital. Para disponibilizar o caminhão gaiola e administrar a UPL, a prefeitura vai fazer aditivo ao contrato existente.

A previsão é que seja pago R$ 80 mil para prestação destes novos serviços por 8 meses . Depois de separado, o material reciclável será leiloado pela prefeitura.

“O dinheiro será revertido para o Fundo Municipal do Meio Ambiente e vai custear a criação de cooperativas”, afirma Cristaldo. Em Campo Grande, ao menos oito empresas já tem atuação forte no setor, reciclando 6.300 toneladas de lixo por mês.

Entre janeiro e julho de 2012, a prefeitura vai ativar a UPL que está construindo próximo ao Lixão e o aterro sanitário, na saída para Sidrolândia. De acordo com o secretário, será feita uma licitação para que a unidade seja administrada por uma empresa, mas reaproveitando trabalhadores do Lixão.

De acordo com lei federal, os municípios têm prazo até 2014 para acabar com os lixões a céu aberto.

Nova licitação – O contrato entre a prefeitura e a Financial vence neste mês, mas, de acordo com o titular da Semadur, o poder público só pode fazer nova licitação se já contar com um plano de resíduo sólido.

Como o documento ainda está me fase de elaboração, Marcos Cristaldo acredita que o contrato, firmado há cinco anos, seja prorrogado.

O plano municipal de resíduo sólido começou a ser elaborado em novembro de 2010. O documento estabelece a política de manejo do lixo para os próximos 30 anos.

Conforme o secretário, o tema será discutido em audiência pública e o plano será apreciado pela Câmara Municipal. A intenção é que o documento seja aprovado até a metade de julho.




Gostaria de saber se e verdade que o lixo que eu separo p coleta seletiva esta tendo um fimcorreto, porque ouvi dizer que e so conversa que o lixo separado e novamente jogado no lixao, gostaria de saber se realmente funciona p onde vai este lixo que eu separo com todo carinho, p coleta seletiva, pois sou estudante curso tecnico de meio ambiente e me preocupo com isso, obrigado.
 
andrea paula delmondes catirce em 03/03/2012 08:51:36
vcs ja deviam ter começado issoo antes bem antes ok
 
luana santos em 02/12/2011 11:20:08
Excelente!. Já era tempo.
A maior ajuda para essa coleta pode ser encontrada nas novidades para recolhimento de garrafas pet (2º maior volume do lixo). Basta analisar informações contidas no site www.recopet.com.br recentemente publicado (setembro de 2011) e seguir exemplo de outras cidades.
 
Waldemar rossi Filho em 11/10/2011 09:20:17
Esta ação é muito importante para ajudar a preservar o meio ambiente. Agora os moradores destes bairros poderão fazer a sua parte, mas esperamos que essa iniciativa se espalhe por todos os bairros. Contamos com o apoio da prefeitura.

Alunos da Associação Pestalozzi de Campo Grande.
Este texto foi escrito com o auxílio da professora de língua portuguesa
 
Leandro Luz, Paulo Roberto Torres, Wellington Oshiro em 02/08/2011 08:38:15
grande iniciativa. Aos poucos podemos abranger toda a cidade. Esperamos poder contar contar com a participação efetiva dos cidadãos campo grandensses. Pensar globalmente. Agir localmente
 
Dilan Hugo em 17/06/2011 07:19:04
Boa tarde

A intenção até pode ser boa....mas vai demorar para "emplacar". Primeiro, teria que fazer um trabalho de Educação Ambiental sério, pois muita gente é avessa à separação do lixo domiciliar. Esta campanha me faz lembrar das sacolinhas que a rede Comper distribui, com informação sobre a reciclagem, as quais ninguém lê....TORÇO PARA DAR CERTO!!!!!!!!!!!
 
Eugenio de Souza em 15/06/2011 12:56:14
TUDO ISSO QUE ESTA A CONTECENDO JA PASSO DA HORA DE KOLOCAR A CASA EM ORDEM. OLHA KERIDOS POLITICOS DE CAMPO GRANDE MS, SOU MATOGROSSENSE DARIA UMA IDEIA PARA VCS. 2 VEZES NA SEMANA DEVERIA, RECOLHER O LIXO QUEIMAVEL, UM DIA DA SEMANA MATERIAL PLASTICO DURO, UM DIA RECOLHER PLASTICOS COMO SACOLAS, UM DIA DOS MES OS VIDROS E UM DIAS DO MES AS PILHAS LAMPADAS ETC... CADA BAIRRO DEVERIA TER UM LIDER TIPO UMA PESSOA APOSENTADA. PARA FISCALIZAR O LIXO KADA PONTO DO BAIRRO UM LOKAL DETERMINADO PARA KOLETA. ESTABELECERIA UM HORARIO PARA KOLOCAR O LIXO. E OUTRO PARA RETIRADA. OS MORADORE DO BAIRRO RECEBERIA UM CALENDARIO DOS DIAS DOS LIXOS TUDO ESPECIFICADOS. ESSA PESSOA QUE CUIDARIA PARA ABRIR O LOCAL DO LIXO SERIA GRATIFICADO.. ESTOU SO DANDO UM EXEMPLO MEUS KERIDOS POLITICOS DEVERIA SEGUIR O EXEMPLO DO JAPAO.. SE VCS KISEREM MANDAREI UM CALENDARIO PARA VCS PARA COPIAR COMO FUNCIONA AKI NO JAPAO.
 
jose ricardo delmondes em 15/06/2011 12:51:40
Estou tentando reciclar lixo faz mais de 4 anos, a prefeitura de Campo Grande, que se diz uma cidade ecológica, já deveria ter implantado coleta de lixo seletivo há 10 anos atras, tenho que separar o lixo em casa e levar aos locais que compram por quase nada, não paga a gasolina, isso deveria ser feito pela prefeitura. Quanto às queimadas, o proprio governo queima vegetação de forma irregular, no terreo onde tem o esqueletão da antiga construção da rodoviaria que acabou não sendo ali, perto da euler de azevedo, o pessoal que ta construindo coloca fogo no mato quase todos os dias, as residencias proximas ao local ficam completamente cheia de sujeira proveniente da queimada e o ar fica insuportavel, mas por ser obra publica pode né? Vai eu colocar fogo em uma folha de caderno, é multa na certa.
 
MAXIMILIANO NAHAS em 15/06/2011 08:10:38
E quem vai aguentar guardar lixo em casa por uma semana? Esse caminhão tem que passar nos mesmos dias da coleta geral.
 
Patrícia Costa em 15/06/2011 07:39:00
Quero coleta seletiva em meu bairro também.
Bairro Bandeirantes.
 
Suely Ribeiro em 14/06/2011 10:37:41
Cara amiga leitora que teve a paciência em ler meu comentário. Grato pela sua observação, porém acredito que não deva ter percebido nas entrelinhas o que na verdade desejaria escrever, mas com o receio devido de que nosso"liberador" de comentários em sua são consciência de poder decidir, talvez entendesse como se fosse algo muito ofensivo.
O que desejei salientar é que: Enquanto nossos gestores não se responsabilizam pelos serviços prestados INDEPENDENTEMENTE de terem sido concessionados e não zelar pela segurança e SAÚDE de seus munícipes (a vizinhança por acaso não sofre com a fumaça, OU COMO vc salientou A COMBUSTÃO?), PORQUE ela vem ferozmente atacar com multas alguns proprietários cujo fogo poderia ter sido causado por terceiros?
Vai que algum indivíduo fumante aloprado tenha jogado sua guimba e esta tenha sido a causa, já que não temos policiamento para prender o causador e culpamos o proprietário, também devemos cobrar do "proprietário" daqueles locais onde a prefeitura disponibilizou e carinhosamente a chama de ECOPONTO.. Essa historinha de que agora irão fazer o tal do sistema de aproveitamento de gás, ouço os gestores falarem desde a época do falecido Lúdio. Não me diga que com a atual gestão a Senhora ou Senhorita por acaso tenha acreditado. Sinceramente acredito que não. Basta olhar ou não somente andar pela nossa cidade, mas ouvir os munícipes. Não é nada contra o gestor-mor. É a incompetência de seu secretariado que já estão há 6 anos e somente agora parece que apenas "idéias" estão surgindo. Ou como foi falado tempos atrás, PRACAS estão sendo colocadas.
Convido a Senhora ou Senhorita a verificar com seus próprios olhos que a Terra irá comer. Vá a qualquer secretaria municipal e observe. Onde deveria ser o exemplo de tudo é a perdição. Portanto antes de desejar imputar aos outros (munícipes extorquidos pelos altos impostos) a gestão deveria fazer a lição de casa. Concorda? Ou não?
 
Orlando Lero em 14/06/2011 09:18:14
Residou no São Lourenço, tenho coleta de lixo três vezes por semana. Todas as vezes que a coleta passa, deixam lixo para trás. As vezes penso que é sacanagem dos coletores, pois deixam sacos fechados. Pior quando rasgam e espalham o lixo. Nos residências que existem aos arredores, percebo que os proprios coletores fazem a separação do lixo, com certeza para complementar a renda. O problema é que fazem aquela bagunça e desordem.
Será que uma empresa que não dá conta nem do serviço que esta sendo prestado vai dar conta desse acrescimo?
 
Adilson dos Santos Silva em 14/06/2011 06:01:20
Igualdade e justiça? Calma, gente, não é pra tanto! O projeto é segmentado, vai atender todos os domicílios da cidade, mas está sendo implantado aos poucos. É só ter paciência!
 
Marisa Botelho em 14/06/2011 05:50:18
Para "Orlando Lero":
Não, porque é NORMAL que aterros entrem em combustão. O que a prefeitura vai fazer agoa é instalar sistema de aproveitamento do gás metano gerado pelo lixo que todo mundo produz, inclusive VOCÊ, senhor "Orlando Lero".
 
Maria Eduarda Medeiros em 14/06/2011 05:48:26
Coleta Seletiva? Cadê o aterro sanitário? O que vão fazer com os catadores que vivem da separação do lixo?O morador vai reciclar? Se for, ele é usineiro de reciclagem, não um simples mortal. Aterro sanitário não dá votos... talvez venha dai o descaso...
 
Luciana dos Santos em 14/06/2011 05:17:34
Uma perguntinha ao gestor das respostas nunca dadas.
Se ponho fogo em meu terreno, posso tomar uma multa. Certo?
E quanto aquela fumaceira lascada que fica direto saindo dos aterros, como por exemplo naquele gerenciado pela nossa competente prefeitura, ali perto da Uniderp agrárias????
Passo sempre por ali e é constante a fumaceira muito cheirosa por sinal.
Por acaso tenho que chamar quem para ir multar os que gerenciam o aterro????
Poderia ao menos me responder essa, senhores gestores????
 
Orlando Lero em 14/06/2011 04:03:21
Boa idéia!! Já estava na hora, afinal todo mundo fala em reciclar, mas ações concretas ficaram apenas no papel. Gostaria de coleta no meu bairro também, mas se não pelo menos mais ecopontos assim todo mundo entra no mesmo espírito de "reciclagem".
Obs: Meu bairro é Jardim Tijuca
 
Liliam Pereira em 14/06/2011 03:42:57
Finalmente Coleta Seletiva em Campo Grande, era vergonhoso nosso sistema de coleta de lixo, agora sim poderá gerar renda e dignidade para as pessoas que vivem da coleta no lixão. Excelente iniciativa, espero que logo atinja toda a cidade para que todos possam participar.
 
Michelle Silva em 14/06/2011 03:24:40
Quero coleta no meu bairro também........!!!!
 
Elizangela Duarte em 14/06/2011 02:50:23
É assim mesmo. Nem nessas horas ha igualdade e justiça social.
Quero a coleta seletiva no meu bairro também. A saber: Região do Monte Castelo.
 
Fernando Silva em 14/06/2011 02:09:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions