A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

24/08/2016 16:20

Com risco de queda, ingazeiro 'quarentão' na Afonso Pena é cortado

Adriano Fernandes
Pé de inga foi completamente cortado. (Foto: Adriano Fernandes) Pé de inga foi completamente cortado. (Foto: Adriano Fernandes)

Um dos ingazeiros do canteiro central da Avenida Afonso Pena, no trecho entre as ruas 13 de Maio e Rui Barbosa, foi completamente cortado nesta quarta-feira (24). A árvore, que há anos sofria com infestação de cupins, teve a estrutura ainda mais comprometida depois do temporal de sábado (20).

Veja Mais
Desleixo faz canteiro da Afonso Pena virar 'campo minado' de formigueiros
Justiça determina o tombamento definitivo do canteiro da Afonso Pena

De acordo com informações da Prefeitura, a medida foi a solução encontrada depois que alguns galhos foram quebrados com a ventania. Conforme a mesma fonte, parte da árvore ameaçava cair sobre a pista da avenida.

Funcionários da prefeitura trabalharam por três dias para concluir os trabalhos de corte árvore, que tinha cerca de 40 anos. Trabalhando há 20 anos na banca de revistas do outro lado da avenida, o comerciante Mario Ayabi, de 61 anos, conta que a árvore já representava um risco antigo.

“Ela já estava podre há muito tempo e sempre caiam alguns galhos pelo canteiro. Infelizmente essa foi a única solução mas o ideal é que todas essas árvores sejam melhor cuidados, porque durante a extensão da avenida tem outras ainda mais antigas”, conta.

O mesmo problema relata a vendedora Jenifer Alves Proença, de 31 anos. “Todas essas árvores são importantes para cidade, mas tem de ser bem preservadas. Não deixadas entregue aos cupins”, diz.

A Prefeitura garante que todas as árvores do canteiro central da Avenida Afonso Pena são acompanhadas por biólogos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions