A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

11/01/2013 10:27

Consórcio vai tentar manter licitação para inspeção veicular

Aline dos Santos

O consócio Inspecionar, que teve contrato suspenso pela prefeitura de Campo Grande, vai repassar informações ao prefeito Alcides Bernal (PP) na tentativa de liberar o processo para inspeção veicular. Bernal alegou que a suspensão, publicada hoje, tem como justificativa o princípio da supremacia da ordem e interesses públicos.

Veja Mais
Contrato para inspeção veicular é suspenso pela Prefeitura
Bernal alega “análise” e suspende processo da inspeção veicular

O grupo descarta tomar medida judicial contra o poder público e espera resolver a questão de forma administrativa. De acordo com o advogado Rogelho Massud Júnior, representante do consórcio, as empresas vão comprovar que são idôneas e que o processo foi lícito.

Segundo ele, o grupo até então não foi procurado pela prefeitura para prestar informações. “Fomos surpreendidos com a medida de suspensão, mas vamos mostrar que Campo Grande terá a inspeção mais moderna do país”, afirma Rogelho.
O advogado avalia como normal que o prefeito tome conhecimento da situação antes de emitir a autorização para que o grupo comece a trabalhar.

A licitação foi aberta em novembro e concluída em 19 de dezembro. Cerca de 25 empresas retiraram o edital, mas apenas o consórcio Inspecionar apresentou proposta, se sagrando vencedor. A concessão é válida por 20 anos. O lucro estimado é de R$ 503 milhões, ou seja, R$ 25 milhões por ano. O consórcio é formado pelas empresas Ivex Inspeção Veicular Ltda (de Mato Grosso do Sul), Otimiza Sistemas Ltda (Rio de Janeiro) e Cotran Controle de Transportes (Minas Gerais).

Ao assinar ao contrato em dezembro, o consórcio pagou R$ 1 milhão para a prefeitura, que corresponde a 10% do valor total da outorga: R$ 10 milhões. O restante será pago em 19 anos.

O valor da inspeção é de R$ 67, que deverá ser pago anualmente, junto com o licenciamento. Conforme o cronograma vigente até então, o grupo teria que apresentar no dia 21 de fevereiro o projeto para construção do local onde será feita a inspeção. Em junho, o consórcio daria largada ao serviço.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions