A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

24/01/2013 08:57

Cras faz cirurgia inédita em macaco-prego que fraturou fêmur

Carlos Martins
Macaco-prego se recupera no Cras, após cirurgia.(Foto: Divulgação)Macaco-prego se recupera no Cras, após cirurgia.(Foto: Divulgação)

Pela primeira vez o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras) realiza em Mato Grosso do Sul uma cirurgia bem sucedida para a reconstituição de fratura em um macaco-prego. O procedimento foi realizado no dia 10 de janeiro e divulgado nesta quarta-feira (10), após os veterinários observarem a boa recuperação do animal, um filhote pesando de 1,2 quilo. Foi a primeira vez que uma cirurgia do tipo teve sucesso no Estado.

Veja Mais
Sábado começa chuvoso na Capital, e máxima em MS será de 33º C
Fim de semana em MS terá tempo instável com possibilidade de chuva

O acidente aconteceu no dia 8, nas proximidadades do bairro Santo Eugênio, em Campo Grande. O animal foi atropelado por uma motocicleta e sofreu fratura exposta do fêmur direito. Levado ao Cras pela PMA, o animal passou por uma série de procedimentos preparatórios para a cirurgia, feita dois dias depois. O procedimento foi realizado pela equipe do Centro, com apoio de médicos veterinários autônomos colaboradores e da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

“Fizemos a cirurgia para redução de fratura, colocação de pinos cruzados e a reconstituição do ligamento cruzado, além da recolocação de patela”, detalha o coordenador da equipe que fez o trabalho, o médico veterinário do Cras Álvaro Cavalcanti. O filhote foi sedado com anestesia inalatória.

Álvaro Cavalcanti destaca que foi a primeira vez que uma cirurgia deste tipo foi bem sucedida no estado. Muito deste resultado pode ser atribuído aos cuidados adotados antes e logo após o procedimento operatório, e que envolveram tempo prolongado de administração de antibiótico e cuidados que garantiram o animal sem dor, facilitando, por exemplo, a disposição de se alimentar. Uma das fotografias tiradas pela equipe mostra o pequeno macaco prego já em pé e se alimentando, duas horas após ter sido submetido à cirurgia.

 

Animal havia sido atropelado. Cirurgia do tipo nunca havia dado certo(Foto: Divulgação)Animal havia sido atropelado. Cirurgia do tipo nunca havia dado certo(Foto: Divulgação)

O médico veterinário estima um período de aproximadamente 60 dias para a completa recuperação do animal. Após esse tempo, ele será reintroduzido à natureza. Existe informação de que na região onde o filhote foi atropelado existe um grupo de macacos-prego que vive numa mata. A equipe do Cras deve ir ao local avaliar se é viável devolver o filhote ao grupo e, se não for possível, ele poderá ser solto em outra localidade rural.




Parabéns a equipe do CRAS, excelentes profissionais, desde os estagiários aos veterinários, eles lutam muito pela vida desses animais....
Em breve Tavinho estará de volta a natureza....
 
Celina Leal em 24/01/2013 16:38:37
Em breve será solto na natureza,é o q esperamos uma boa recuperação dele...
 
Renato Amorim em 24/01/2013 13:13:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions