A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

18/03/2012 11:35

Duas carvoarias são fechadas e proprietários multados em R$ 18,6 mil

Fabiano Arruda
Entre as irregularidades, carvoarias não possuíam autorização para explorar lenha. (Foto: Divulgação)Entre as irregularidades, carvoarias não possuíam autorização para explorar lenha. (Foto: Divulgação)

Policiais da PMA (Polícia Militar Ambiental) fecharam, ontem à tarde, duas carvoarias por funcionar sem licença ambiental, uma em Ribas do Rio Pardo e outra em Campo Grande.

Veja Mais
PMA fecha carvoaria ilegal e aplica multa de R$ 5 mil em Miranda
Tempestade e fortes ventos devem atingir MS nesta quarta, alerta instituto

As multas aos proprietários somam R$ 18,6 mil. As ocorrências foram divulgadas apenas hoje pela corporação.

Segundo informações da PMA, uma das carvoarias fica na fazenda 4 Irmãos. Possuía 22 fornos e não tinha documentação ambiental para a lenha que era explorada.

Os policiais paralisaram as atividades no local, além de apreenderem 50 m³ de carvão e 8 m³ de lenha nativos. O proprietário da carvoaria recebeu multa de R$ 10 mil.

A outra carvoaria, na Capital, fica na fazenda Nova Esperança e funcionava com 30 fornos. Com licença ambiental vencida, também não possuía autorização para explorar a lenha.

Foram apreendidos 60 m³ de carvão e 70 m³ de lenha nativos, além da paralisação das atividades. O proprietário recebeu multa de R$ 8,6 mil.

Ainda conforme a PMA, os carvoeiros responderão por crime ambiental e, caso condenados, podem pegar pena que varia de seis meses a um ano pelo carvão ilegal, além de detenção de três a seis meses por não possuir autorização de funcionamento.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions