A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

13/10/2016 14:10

Em cinco dias de operação PMA aplica mais de R$ 200 mil em multas

Adriano Fernandes

Desde que teve inicio no último dia 8 de outubro, a "Operação Padroeira do Brasil" da Polícia Militar Ambiental já aplicou mais de R$ 200,7 mil em multas por infrações ambientais. Por pesca ilegal, por exemplo, já foram apreendidos 77 quilos de peixes, quatro barcos e quatro motores de popa.

Veja Mais
Flagrado construindo na margem do rio Paraguai vai responder por crime ambiental
Práticas sustentáveis e conservação do Pantanal serão debatidos no sábado

Foram retirados dos principais rios do estado 11 redes de pesca, duas tarrafas, nove espinhéis e 245 anzóis de galho. Até o momento foram emitidas 15 autuações por pesca ilegal e um pescador foi preso. Se somadas as autuações por pesca predatória o total é de R$ 11.100,00.

Outras infrações como poluição sonora, degradação de matas ciliares também entram no balanço parcial divulgado pela PMA (Polícia Militar Ambiental). Em Coxim, um pecuarista foi multado em R$ 125 mil por desmatamento ilegal. De um total de 13 autuações por infrações ambientais diversas, foram aplicadas R$ 189.600,00 em multas também em Corumbá, Ivinhema, Costa Rica, Três Lagoas, Campo Grande e Miranda. 

Operação - Deflagrada às 8h00 do dia 8 de outubro, a “Operação Padroeira do Brasil” tem encerramento previsto para a próxima segunda-feira (17), às 8h00 e conta com um efetivo de 362 homens, dentro da operação Pré-piracema.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions