A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

06/06/2013 10:50

Escoteiros e Conselho de Farmácia recolhem medicamentos vencidos neste sábado

Francisco Júnior

 

Veja Mais
Domingo será de calor e chuvas com trovoadas em todo o MS, alerta instituto
Temporal com chuva de 30 milímetros e vento forte alaga ruas de Dourados

O grupo de escoteiros Zilda Arns vai fazer orientações e recolhimento de medicamentos vencidos no próximo sábado (08), no lago do Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. A iniciativa que tem o apoio do CRF/MS (Conselho Regional de Farmácia do Estado de Mato Grosso do Sul) faz parte do XXII Muteco (Mutirão Escoteiro de Ação Ecológica) e será desenvolvido no decorrer do ano no bairro Aero Rancho. 

A população que tiver medicamentos que já passaram da data de validade ou estão sem uso podem ser levados para a destinação ecologicamente correta, das 8h às 17h. 

Segundo o CRF/MS, pesquisas indicam que 90% da população descarta medicamentos vencidos no lixo doméstico ou no vaso sanitário. E se não forem descartados, os medicamentos representam perigo dentro das casas. A estimativa é de que 80% dos medicamentos vencidos estejam nas residências, onde a população está sujeita à automedicação e à intoxicação. Em cima disso, desde dezembro de 2010, uma lei municipal indicada pelo Conselho autorizava o poder público a implantar pontos de coleta de medicamentos vendidos. A lei aprovada por unanimidade e sancionada pela prefeitura, ainda não foi regulamentada.

“Precisamos orientar e alertar a população do grande risco que ela corre quando descarta os medicamentos sem qualquer cuidado com o Meio Ambiente, porque eles, em contato com o lençol freático e as águas de superfície, provocam contaminação e acabam voltando para as nossas residências. As estações de tratamento de água não eliminam estes produtos, então a cada vez que abrimos uma torneira sai junto com a água, hormônios, antiinflamatórios, antibióticos, agrotóxicos e toda a sorte de produtos químicos”, explica o presidente do CRF/MS, Ronaldo Abrão.

 

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions