A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

23/03/2012 19:30

Fazendeiro recebe multa de R$ 70 mil por construir represa ilegalmente

Jeozadaque Garcia
Represa era construída sem autorização ambiental em Ribas do Rio Pardo. (Foto: Divulgação/PMA)Represa era construída sem autorização ambiental em Ribas do Rio Pardo. (Foto: Divulgação/PMA)

Um fazendeiro de Ribas do Rio Pardo, a 97 quilômetros de Campo Grande, foi multado em R$ 70 mil nesta quinta-feira (22) após a PMA (Polícia Militar Ambiental) flagrar em sua propriedade uma represa de 3,5 hectares de lâmina d’água construída sem autorização ambiental.

Veja Mais
Tempestade e fortes ventos devem atingir MS nesta quarta, alerta instituto
Durante a chuva de terça-feira, 69 mil raios atingiram Mato Grosso do Sul

Além de não ter licença ambiental para a construção do açude, as atividades causaram degradação de APP (Áreas de Preservação Permanente). A água era utilizada para dessedentação do gado sem proteção, o que é proibido.

O proprietário foi autuado administrativamente e multado. Ele também responderá por crime ambiental de destruir área de preservação permanente. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

O autuado ainda responderá pelo crime de construir atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental. A pena para esse crime é de três a seis meses de detenção.




Muito decepcionante!

Acabo de ler uma matéria educativa da PMA em Ribas do Rio Pardo e já leio outra de proprietário rural que deveria ser o mais interessado em preservar, pois depende da produtividade da terra e dos recursos naturais da sua propriedade, sendo autuado por degradação ambiental.

FErro nele!!!!!!!
 
Bruno Baque em 23/03/2012 07:44:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions