A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

18/12/2012 11:00

Fechamento do lixão tem bomba, prisão e balas de borracha

Aline dos Santos e Mariana Lopes
Antes da confusão, tropa de choque se posicionou em frente ao portão.  (Foto: Luciano Muta)Antes da confusão, tropa de choque se posicionou em frente ao portão. (Foto: Luciano Muta)
Defensora mostra balas de borracha recolhidas no local. Defensora mostra balas de borracha recolhidas no local.

A primeira tentativa dos catadores de impedir a entrada de caminhões de coleta no lixão, no bairro Dom Antônio Barbosa, foi reprimida com bombas de efeito moral e tiros de balas de borracha. Hoje, o local está sendo desativado pela Prefeitura de Campo Grande.

Veja Mais
Defensoria vai cobrar na Justiça indenização para catadores
Catadores descumprem ordem e policiais entram no lixão

A defensora pública Olga Lemos Cardoso de Marco, que está no local, recolheu balas disparadas pela Polícia Militar. A confusão começou quando os trabalhadores barraram a entrada de dois caminhões. Em resposta, a tropa de choque da Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) soltou três bombas de efeito moral e fez disparos com a munição de borracha. Cachorros e a cavalaria investiram contra os catadores. A ação fez com que os mais de cem catadores se dispersarem.

Um catador, identificado apenas como Carioca, foi preso por policiais militares. Não há informação de feridos, mas os bombeiros foram chamados ao local. Uma viatura da Polícia Civil também chegou ao lixão.

No começo da manhã desta terça-feira, os policiais e a Guarda Municipal estavam do lado de fora. O acordo era esperar os 20 trabalhadores, que entraram meia-noite, saírem após a comercialização dos materiais recicláveis. No entanto, outros catadores continuaram a entrar e a polícia também entrou no lixão. A imprensa ficou do lado de fora.




E o que essa defensora queria??? Foi dado tiros com balas de borracha,já que ela estava a favor dos catadores porque não evitou o confronto??? E evitou que quebrassem o para brisa e a passagem dos caminhões??? Demagogia é o que ela gosta de fazer!!!
 
arivaldo paiva em 18/12/2012 22:14:15
Lamentável o ocorrido, pena que a Prefeitura não deu total assistência tão necessária para que isso não ocorresse, eu como cidadão ativo nas questões sociais da Capital, sinto-me envergonhado com tanta omissão e falhas do Poder Publico.
 
Marcos Silva em 18/12/2012 14:20:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions