A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

04/07/2016 15:22

Há 27 dias sem chuva, cidade tem 31 graus em pleno inverno

Helio de Freitas, de Dourados
Termômetro registrava 31 graus às 13h30 desta segunda (Foto: Helio de Freitas)Termômetro registrava 31 graus às 13h30 desta segunda (Foto: Helio de Freitas)

Dourados, a 233 km de Campo Grande, está há quase um mês sem chuva. De acordo com o Guia Clima, da Embrapa Agropecuária Oeste, a chuva mais recente na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul ocorreu no dia 27 de maio.

Veja Mais
Município de MS registra sensação térmica de -5ºC e geada
Frio intenso causado por massa de ar polar provoca geada no interior

A estiagem, considerada normal para a época do ano, reduziu consideravelmente a umidade relativa do ar em junho e nos primeiros dias de julho.

Conforme os dados da estação agrometeorológica da Embrapa, a menor umidade do ar registrada ontem foi às 13h20, com 31%. Já nesta segunda-feira, o índice estava em 38% às 12h55. A maior foi de 85% às 5h49.

As temperaturas também estão altas. Ontem fez mínima de 13 graus às 6h16 e máxima de 29 graus às 13h. Hoje está ainda mais quente, com temperatura de 30 graus às 12h55 e mínima de 14,6ºC às 5h17.

A estação da Embrapa fica fora da cidade, na saída para Caarapó. No perímetro urbano o calor é um pouco maior. O termômetro instalado na Avenida Hayel Bon Faker registrou 31 graus às 13h30 de hoje.

Esfria nesta semana – O agrometeorologista da Embrapa, Ricardo Fietz, informou que tem previsão de chuva fraca na quarta-feira, com queda de temperatura. “Mas não deve fazer todo o frio que fez da última vez”, afirmou. Em junho, a região de Dourados chegou a ter geada por duas madrugadas seguidas e mínima de 2 graus.

De acordo com o Cptec (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos), na quarta (6) a mínima deve ser de 14 graus e a máxima de 22ºC. Na quinta a mínima prevista é de 8 graus e a máxima não deve passar de 20.

Para sexta-feira (8) tem previsão de mais chuva, mas as temperaturas devem continuar entre 14 e 25 graus até o domingo.

Junho foi muito frio – Conforme a Embrapa, desde 1983 não ocorria um junho tão frio na região de Dourados. A temperatura média foi 16,4°C, quase dois graus inferior à média histórica deste mês, 18,3°C.

Segundo dados divulgados hoje pelo Guia Clima, não ocorrerem temperaturas maiores que 30°C e a máxima foi de 29,7°C no dia 26 de junho. Em nove dias ocorreram temperaturas inferiores a 10°C e a mínima foi 2°C no dia 13, a mais baixa do ano até o momento.

A temperatura máxima registrada na região sul de Mato Grosso do Sul foi de 32°C em Bela Vista, em 16 de junho, enquanto a mínima ocorreu em Amambai, 0,4°C, em 12 de junho. Em vários locais da região sul do Estado, incluindo Dourados e Rio Brilhante, houve ocorrência de geadas nos dias 12 e 13 de junho.

Pouca chuva – Em junho choveu apenas 44 milímetros em Dourados, 60% da média histórica do mês, que é de 72mm. Houve somente quatro dias chuvosos e a maior precipitação foi de 13 milímetros no dia 4 de junho.

Segundo a Embrapa, em junho as chuvas foram escassas na região sul de Mato Grosso do Sul. Sete Quedas teve 76mm, Campo Grande 49mm, Maracaju 46mm, Sidrolandia 46mm, Rio Brilhante 44mm, Ponta Porã 37mm, Amambai 20mm, Juti 22mm e Bela Vista 18mm.

A umidade média do ar em junho foi de 76%, quase igual à média do mês - 75%. A menor umidade foi de 22%, em 12 de junho. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), níveis de umidade do ar inferiores a 30% exigem cuidados, pois podem ser prejudiciais à saúde humana.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions