A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

20/01/2016 22:15

Imasul faz mutirão para eliminar focos do Aedes no Parque Estadual do Prosa

Flávio Paes
Servidores do Imasul estão recolhendo lixo que pode favorecer surgimento de focos do mosquito (Foto:Divulgação)Servidores do Imasul estão recolhendo lixo que pode favorecer surgimento de focos do mosquito (Foto:Divulgação)
Mutirão retirou lixou deixado por visitantes do parque (Foto:Divulgação)Mutirão retirou lixou deixado por visitantes do parque (Foto:Divulgação)

Uma equipe de servidores do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) saiu a campo nesta quarta-feira  (20)  no Parque Estadual do Prosa e no Parque dos Poderes para identificar e eliminar possíveis focos do mosquito Aedes aegypti,transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya.

Veja Mais
Tempestade e fortes ventos devem atingir MS nesta quarta, alerta instituto
Durante a chuva de terça-feira, 69 mil raios atingiram Mato Grosso do Sul

O trabalho também está sendo feito no Parque Estadual Matas do Segredo e no das Nações Indígenas, outras uniddes de conservação da Capital administradas pelo Imasul. Foram coletados centenas de copos plásticos e outros recipientes jogados na mata. O material, que poderia acumular água com as chuvas, será destinado para a reciclagem.

Segundo Katiuscia Balbuena, responsável pelo Núcleo de Gestão de Áreas Urbanas, o objetivo é eliminar todos os possíveis focos e também divulgar o trabalho para a sociedade. "Vamos distribuir para os visitantes folhetos com informações que ajudam no combate ao mosquito", informa.

 O material foi cedido pela Coordenadoria de Controle de Vetores e ensina que cada um pode fazer sua parte.  No mutirão de hoje houve o recolhimento de  muito lixo deixado por usuários do Prosa. "Quem frequenta os parques também tem sua parcela de responsabilidade na limpeza”, afirma  Katiuscia.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions