A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

02/12/2014 18:02

Iniciativa que protege o Rio Formoso concorre a prêmio nacional

Marta Ferreira
Rio Formoso, em Bonito, alvo de projeto que vai concorrer a prêmio nacional. (Foto: Divulgação/Fundação Neotrópica)Rio Formoso, em Bonito, alvo de projeto que vai concorrer a prêmio nacional. (Foto: Divulgação/Fundação Neotrópica)

Nesta quarta-feira, 3 de dezembro, a partir das 19h30, no auditório da Caixa Cultural de Brasília, a ANA (Agência Nacional de Águas) divulga nesta quarta-feira os vencedores do Prêmio ANA 2014, a partir das 19h30, no auditório Caixa Cultural de Brasília. O munípio de Bonito, localizado a 257 quilômetros de Campo Grande, é representado na disputa por um projeto já vencedor, o Programa de Conservação e Recuperação da Bacia do Rio Formoso em Bonito, da Fundação Neotrópica do Brasil, concorre, na categoria ONG, com iniciativas da Associação Comercial e Industrial de Lajeado e do Instituto Terra, de Aimorés (MG).

O prêmio valoriza iniciativas que se destaquem pela contribuição para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos e promovam o combate à poluição e ao desperdício. Conforme os organizadores, os trabalhos inscritos também apontam caminhos para assegurar água de boa qualidade e em quantidade suficiente para o desenvolvimento e a qualidade de vida das atuais e futuras gerações.

Na definição da Fundação Neotrópica, o programa desenvolvido em Bonito temo objetivo de “promover a conservação e a recuperação ambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Formoso, no entorno do Parque Nacional da Serra da Bodoquena, em Bonito, Mato Grosso do Sul, por meio do estabelecimento de um programa local de pagamento pelos serviços ambientais de proteção da biodiversidade e beleza cênica associada.”

O programa, ainda segundo a ONG, é fortemente ligado à cadeia do turismo e envolve visitantes da cidade e a classe rural.

A premiação- Trabalhos de sete categorias disputam o Prêmio: Ensino, Empresas, Governo, Imprensa, ONG, Organismos de Bacia, além de Pesquisa e Inovação Tecnológica. Os vencedores vão receber o Troféu Prêmio ANA, peça criada pelo mestre-vidreiro italiano Mario Seguso exclusivamente para a premiação.

Os responsáveis pelas iniciativas ganhadoras também vão receber uma viagem ao próximo Fórum Mundial da Água, que acontecerá de 12 a 17 de abril de 2015 na Coreia do Sul, onde vão apresentar seus trabalhos durante o maior evento do mundo sobre água.

A ANA informou que, nesta edição recebeu a inscrição de 452 trabalhos, marca que superou o recorde de 2012, quando 363 projetos participaram. Os projetos são de todas as regiões: Paraná (4), Minas Gerais (3), Rio de Janeiro (3), Pará (2), Rio Grande do Sul (2), Amapá (1), Bahia (1), Ceará (1), Mato Grosso (1), Mato Grosso do Sul (1), Pernambuco (1) e São Paulo (1). No Prêmio ANA 2014, todos os estados e o Distrito Federal tiveram trabalhos inscritos.

O prêmio é patrocinado pela Caixa Econômica Federal). A REBOD (Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas) apoia o evento.

Debate sobre o ICMS Ecológico será realizado quinta-feira na Capital
Acontece em Campo Grande na próxima quinta-feira (26) a oficina de capacitação sobre o uso do ICMS Ecológico para resíduos sólidos urbanos. O evento ...
Calor volta aos 38°C em Porto Murtinho após dois dias de clima ameno
A trégua durou pouco. Dois dias. E a onda de calor voltou a Porto Murtinho - distante 431 km de Campo Grande. Ontem (24), a temperatura passou dos 38...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions