A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

30/06/2016 14:35

Inverno chegou há dez dias, mas frio mesmo só depois do dia 10

Nos primeiros dez dias de julho, termômetros continuam marcando temperatura máxima de 30ºC

Anahi Zurutuza
Dias continuam ensolarados e com umidade do ar baixa (Foto: Marcos Ermínio)Dias continuam ensolarados e com umidade do ar baixa (Foto: Marcos Ermínio)

O inverno começou na segunda-feira passada, dia 20 de junho, mas não chegou com tudo em Mato Grosso do Sul. O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) prevê o primeiro frio intenso para do Estado só depois do dia 10 de julho.

Veja Mais
Sonora apresentou ontem a quinta mais baixa umidade do ar do País
Frio e estiagem derrubam umidade do ar à metade do recomendável

Conforme o meteorologista Franco Villela, nestes primeiros dez dias de inverno, as frente frias só têm força para chegar até o Sul do país. Ele explica que um bloqueio atmosférico impede a aproximação de massas de ar frio.

Para a próxima semana, a partir de terça-feira (5), há previsão de queda na temperatura, mas nada que fará os sul-mato-grossenses “tremerem o queixo”. “Vai chegar com uma chuva fraca e derrubar um pouco a temperatura, mas não tem uma onda de frio prevista para os próximos dez dias. A gente tem um indicativo de que vai haver uma massa de ar frio mais intensa lá pelo dia 10 de julho”, detalha Villela.

Nesta quinta-feira (30), a temperatura varia entre 18ºC e 30ºC em Campo Grande. Para a quinta-feira (1º), a previsão é que termômetros marquem de 14ºC a 31ºC no Estado e 17ºC e 29ºC na Capital.

Umidade – O tempo seco também perdura nos primeiros dez dias de julho. “A umidade chega a 30% no período da tarde em quase todo o Estado, no Oeste e Norte do Estado pode ficar abaixo disso. Pela manhã, o tempo é um pouco mais úmido”, explica a meteorologista do Inmet, Neide Oliveira.

Ontem (29), Sonora – município do Norte do Mato Grosso do Sul a 364 km de Campo Grande – foi a quinta Cidade do país com a menor umidade relativa do ar.

O menor valor registrado no município foi de 19% e, no País, chegou a 10% na cidade de Caracol, no Piauí, níveis de deserto.

Na Capital a umidade relativa do ar chegou aos 38% nesta quarta-feira.

Conforme a OMS (Organização Mundial de Saúde) índices inferiores a 60% são prejudiciais a saúde humana. Problemas respiratórios são mais comuns em períodos de tempo seco, por isso, a recomendação é reforçar a hidratação, umidificar os ambientes e evitar exercícios físicos entre as 11h e às 15h.

Sonora apresentou ontem a quinta mais baixa umidade do ar do País
Na tarde de ontem a cidade de Sonora, localizada no centro-norte do Estado, foi a quinta do Pais com menor umidade relativa do ar, de acordo com o In...
Quatro cidades de MS estão entre as 100 que mais desmatam florestas
Mato Grosso do Sul tem quatro cidades entre as 100 do país que mais desmataram a Mata Atlântica, entre 2014 e 2015. Corumbá, na fronteira com a Bolív...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions